OPUS – Guião para Anime a ser Estrito | Satoshi Kon

por Pedro Costa
OPUS de Satoshi Kon poderá receber Adaptação Anime Imagem | OPUS - Guião para Anime a ser Estrito | Satoshi Kon

Esta segunda-feira no Hiroshima International Animation Festival, o produtor anime Masao Maruyama reportou que um guião está a ser escrito para uma adaptação anime de OPUS, manga por Satoshi Kon. Maruyama-sensei não afirmou se um projeto anime recebeu oficialmente “luz-verde”, ou se membros de equipa técnica ou um estúdio foram seleccionados.

 

OPUS – Guião para Anime a ser Estrito | Satoshi Kon:

OPUS - Guião para Anime a ser Estrito | Satoshi Kon

 

Maruyama-sensei acrescentou ainda que Yume-Miru Kikai (The Dreaming Machine), o filme inacabado de Kon-sensei, vai permanecer por completar e por lançar.

Em julho 2017, Maruyama expressou um desejo de trabalhar numa adaptação anime de OPUS no se novo Studio M2. Posteriormente, uma fonte do estúdio clarificou que ele não tinha feito uma declaração oficial e que um projeto não tinha recebido “luz-verde”.

O compositor Susumu Hirasawa, um frequente colaborador de Satoshi Kon, revelou em outubro 2017 que lhe tinha sido pedido para compor um tema musical para o manga, mas não clarificou se a canção era para o mesmo proposto projeto que Maruyama-sensei havia discutido previamente.

 

Dark Horse anuncia planos para "The Art of Satoshi Kon" | OPUS - Guião para Anime a ser Estrito | Satoshi Kon

 

O manga foi lançado entre 1995 e 1996, antes de Kon-sensei fazer a sua estreia em realização anime com Perfect Blue em 1997. A Tokuma Shoten reimprimiu a série em 2010 com o “ilusório final” da história, que não foi impresso durante a sua tiragem original na revista. A Dark Horse Comics publicou a série de dois-volumes num omnibus em 2014.

 

Com grande tristeza, relembramos que Satoshi Kon, a mente por detrás de Perfect Blue, Millennium Actress, Tokyo Godfathers, Paranoia Agent, Paprika, faleceu em 2010.

 


Satoshi Kon – Artigos Relacionados


 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.