Oshi no Ko – Aka Akasaka lança Novo Manga

por Pedro Costa
Oshi no Ko - Aka Akasaka lança Novo Manga

Esta quinta-feira (2 de abril de 2020), o mangaka de Kaguya-sama: Love is War, Aka Akasaka, revelou que irá lançar o manga Oshi no Ko na 21ª edição 2020 da Weekly Young Jump (Shueisha), a 23 de abril.

Mengo Yokoyari (Kuzu no Honkai) está a ilustrar a série.

A história irá centrar-se numa heroína “esmagadoramente fofa” e mostra a indústria do entretenimento com um “ponto de vista nunca antes visto”.

 

Oshi no Ko – Aka Akasaka lança Novo Manga:

Oshi no Ko - Aka Akasaka lança Novo Manga

 

Akasaka-sensei confirmou que o novo manga será lançado na revista em simultâneo com Kaguya-sama: Love is War.

Akasaka-sensei lançou Kaguya-sama: Love is War na Miracle Jump (Shueisha) em maio de 2015, mas moveu-a para a Young Jump em março de 2016. O 18º volume da obra será lançado a 17 de abril. Relembramos que o manga está a ser lançado em Inglês pela Viz Media.

A série de Akasaka-sensei inspirou uma adaptação anime que estreou em janeiro de 2019, para além de um filme live-ation a 6 de setembro. O anime tem uma segunda temporada a caminho, a qual estreará a 11 de abril de 2020.

 

Kaguya-sama wa Kokurasetai – Será o Amor Realmente Uma Guerra?

 

Kuzu no Honkai de Yokoyari-sensei foi lançado na revista Big Gangan (Square Enix) entre 2012 e março de 2017. A editora publicou oito volumes compilados para o manga. Este recebeu um manga spinoff, Kuzu no Honkai décor, o qual foi lançado na mesma revista em novembro de 2017, tendo terminado em maio de 2018.

A Square Enix lançou um volume para o manga enquanto o 9º volume de Kuzu no Honkai, em julho de 2018.

A obra inspirou adaptações tanto em anime como em série live-action, as quais foram lançadas em paralelo a partir de janeiro de 2017. Ambas as séries adaptam a totalidade da história do manga.

 


Kuzo no Honkai – Opinião Semanal


 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário


Loading...

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.