Relatório Anual da Indústria de Animação Japonesa: Menos Anime Produzido

por Maria J Oliveira
Demon Slayer: Mugen Train – 10 Semanas Consecutivas em 1º Lugar

Relatório Anual da Indústria de Animação Japonesa: Menos 6,5% Anime Produzido para TV em 2020

Os filmes de anime arrecadaram 61,7 mil milhões de ienes em 2020.

 

A Associação de Animações Japonesas (AJA) revelou algumas das primeiras conclusões tiradas pelo Relatório da Indústria de Animação de 2020. Segundo o documento, em 2020 foram produzidos, no total, 98.448 minutos de anime para televisão, menos 6,5% do que em 2019 (105.294 minutos), o que representa uma segunda redução consecutiva desde 2018.

 

Relatório Anual da Indústria de Animação Japonesa: Menos Anime Produzido

 

63.156 desses muitos minutos de animação televisiva em 2020 provêm de produções originais, maioritariamente animes exibidos ao final da noite, enquanto 35.292 correspondem a continuações e franquias (programação infantil e para toda a família ou séries de longa duração). Neste último caso, houve uma redução particularmente acentuada de 18,7% na produção em comparação com 2019, ano em que as grandes sagas e franquias registaram um valor de 43.418 minutos produzidos.

 

Relatório Anual da Indústria de Animação Japonesa: Menos Anime Produzido

Gráfico: Minutos produzidos de anime (eixo vertical) por ano a partir de 2000 (eixo horizontal). A cor azul corresponde aos minutos de conteúdos originais; a cor laranja representa os minutos acrescentados ao conteúdo familiar e às franquias

 

O relatório sugere que a pandemia causada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) é o motivo mais provável para o menor número de minutos em produções. Houve muitos casos de projetos iniciados ou continuados em 2020 que não puderam respeitar datas-limite estabelecidas e/ou adiaram as suas datas de estreia para 2021.

 

O lucro total de 2020 dos filmes de anime nas bilheteiras japonesas foi de 61,7 mil milhões de ienes (cerca de 472 milhões de euros), um número que fica 10,8% abaixo dos de 2019 (69,2 mil milhões de ienes, cerca de 529 milhões de euros). No entanto, esta descida não foi tão drástica como a queda que se registou entre 2016 (66,4 mil milhões de ienes, 508 milhões de euros) e 2017 (41,1 mil milhões de ienes, 314 milhões de euros), que viria a ser invertida em 2018 (42,6 mil milhões de ienes, 326 milhões de euros). Devido a estes números, 2020, 2019 e 2016 foram os três anos mais lucrativos para o cinema japonês animado do último lustro, tendo sido 2019 o ano mais próspero desde, pelo menos, o de 2000.

No relatório expõe-se que o efeito arrebatador que Demon Slayer – Kimetsu no Yaiba – O Filme: Comboio Infinito teve nas receitas de 2020 se deveu, sobretudo, ao facto de as estreias de muitos outros filmes de anime terem sido adiadas ao longo do ano; apenas 66 filmes de animação estrearam no ano passado (curtas-metragens incluídas), uma grande queda comparativamente ao ano de 2019 com a sua colheita de 90 filmes animados.

 

Os 20 filmes de anime mais rentáveis no Japão em 2020 foram os seguintes:

 

  1. Demon Slayer – Kimetsu no Yaiba – O Filme: Comboio Infinito: 40 mil milhões de ienes (306 milhões de euros)
  2. Doraemon the Movie: Nobita’s New Dinosaur: 3,35 mil milhões de ienes (26 milhões de euros)
  3. Stand by Me Doraemon 2: 3 mil milhões de ienes (23 milhões de euros)
  4. Poupelle of Chimney Town: 2,3 mil milhões de ienes (18 milhões de euros)
  5. Violet Evergarden: The Movie: 2,14 mil milhões de ienes (16,3 milhões de euros)
  6. Fate/stay night: Heavens Feel III. Spring song:2 mil milhões de ienes (15 milhões de euros)
  7. Pokémon o Filme: Segredos da Selva: 1,7 mil milhões de ienes (13 milhões de euros)
  8. Crayon Shin-chan the Movie: Crash! Scribble Kingdom and Almost Four Heroes: 1,2 mil milhões de ienes (9,1 milhões de euros)
  9. A Viagem de Chihiro (2001): 880 milhões de ienes (6,7 milhões de euros)
  10. A Princesa Mononoke (1997): 880 milhões de ienes (6,7 milhões de euros)
  11. Nausicäa do Vale do Vento (1984): 730 milhões de ienes (5,6 milhões de euros)
  12. Made in Abyss: Dawn of the Deep Soul: 650 milhões de ienes (5 milhões de euros)
  13. Fate/Grand Order The Movie Divine Realm of the Round Table; Camelot – Wandering: Agateram: 440 milhões de ienes (3,4 milhões de euros)
  14. Shirobako (Filme): 404 milhões de ienes (3,1 milhões de euros)
  15. Eiga Precure Miracle Leap: Minna to Fushigi na 1-nichi: 400 milhões de ienes (15 milhões de euros)
  16. Looking for Magical DoReMi: 300 milhões de ienes (3,1 milhões de euros)
  17. Digimon Adventure: Last Evolution Kizuna: 300 milhões de ienes (3,1 milhões de euros)
  18. King of Prism All Stars: Prism Show Best 10: 180 milhões de ienes (1,4 milhões de euros)
  19. Contos de Terramar (2006): 150 milhões de ienes (1,1 milhões de euros)
  20. Monster Strike The Movie: Lucifer Zetsubō no Yoake: 140 milhões de ienes (1,1 milhões de euros)

 

Nota: Todos os valores em euros são aproximados.

 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.