Reportagem Comic Con Portugal 2015

por Raquel Cupertino
Reportagem Comic Con Portugal 2015

Sexta feira, dia 4 de dezembro, 12h30 da manhã – Pavilhão Exponor, no Porto.

 

Teve início o fim de semana mais longo e preenchido dos amantes de cultura pop de Portugal. Como aficionados de uma pequena parte desse universo, o ptAnime fez-se presente como media press do evento.

 

Reportagem Comic Con Portugal 2015

 

Reportagem Comic Con Portugal 2015

A Comic Con trata-se de uma convenção de elevadas dimensões, com um leque variado de áreas de interesse, onde a cultura Pop é explorada no seu máximo esplendor. Em terras transatlânticas o conceito é extremamente popular, uma espécie de passadeira vermelha dos Óscares para o público comum. A resistência presente na primeira edição face ao conceito, parece lentamente desvanecer-se por terras lusas. Indústria e população em geral mostraram-se, em comparação com o ano anterior, mais recetivos e sobretudo muito mais participativos! Bem longe da outrora estranheza com que encararam o festival onde Cinema, Séries, Banda Desenhada, Jogos, Animes e Manga, são o foco primordial.

 

Reportagem Comic Con Portugal 2015

 

A contestação em torno dos convidados desta nova edição assombrou as semanas que antecederam a Comic Con Portugal 2015. As expectativas não estavam elevadas quanto às estrelas cinematográficas e televisivas. Mediatismos à parte, o cerne da convenção por sua vez, manteve-se intacto sem contudo fascinar na exposição de arte e cultura. As surpresas não tardaram a esperar, pelo que, à última hora, um grande nome da cultura foi somado ao cardápio de exposições e referências (em poucas palavras, grande John Noble).

Toda e qualquer dúvida quanto à recetividade do público, desfez-se à velocidade que o enorme aglomerado de pessoas surgia no campo de visão. Desde o primeiro dia do evento que ficou explícito o interesse exponencial do público português pelo maior evento de cultura pop do país, no entanto, nada fazia prever a loucura do dia de sábado.

Na edição passada o segundo dia do evento hospedou a cabeça de cartaz e a maioria das atividades de maior relevo do certame, como não poderia deixar de ser, este ano o ponto alto continuou a pertencer ao sábado com a presença do ator John Noble e o fantástico concurso Heróis do Cosplay.

 

Reportagem Comic Con Portugal 2015

 

Números oficiais consagram que este ano a Comic Con Portugal foi visitada por mais de 53 500 pessoas, espalhadas por 45 mil metros quadrados. Tal número serve apenas para comprovar estatisticamente o óbvio registado pela equipa do ptAnime, nos três dias do evento: Portugal demonstra-se mais recetivo, mais interessado e mais curioso em relação à arte, cultura e sobretudo em relação às sub-culturas de nicho.

 

Reportagem Comic Con Portugal 2015

 

O ano de 2015 fervilhou com grandes títulos da sétima arte.

 

A mítica data proclamada por Marty em Back to the Future, marcou a segunda edição da convenção. O sucesso do DeLorean foi inegável, sendo uma das peças em exposição mais deslumbrantes e emblemáticas de toda a palete de ofertas do certame

 

Reportagem Comic Con Portugal 2015

 

 

Entrar na Comic Con Portugal 2015 era tropeçar em Star Wars.

 

Merchandise, Cosplay, as emblemáticas marchas do Empire, representado por Stormtroopers e claro, o lendário Darth Vader, os expositores, que mais um fã da consagrada saga poderia desejar? Com a estreia do novo filme à porta, a oferta conseguiu equiparar-se à procura e muitos foram os participantes que se vestiram a rigor. Não havia metro quadrado sem um cosplay e a cada dois, um era baseado na saga Guerra das Estrelas.

 

Comic Con Portugal 2015 imagem 7

 

Expositores – Uma agradável surpresa

A diminuta variedade de expositores e bancas do ano anterior, foi colmatada nesta segunda edição. Para os mais experientes em certames de cultura pop, a variedade nos expositores trata-se de um dos elementos mais significativos que demarca o evento dos demais, ao permitir uma oferta visual e comercial diferente. Este ano, para além de novas lojas, entre elas nomes sonantes do colecionismo, a própria disposição das mesma observou-se cuidada, e organizada com noção do público e da respetiva procura.

 

Reportagem Comic Con Portugal 2015

 

Todos os caminhos vão dar ao Artists’ Alley

Escassos metros após a entrada, tínhamos acesso a uma área repleta de painéis maravilhosamente ornamentados com desenhos, ilustrações originais ou baseadas em célebres obras. O festim de cores, onde o abstrato cursava com o retrato fidedigno, captava a atenção até aos mais distraídos. Era impossível não perambular por entre aqueles três corredores repletos de artistas ansiosos por mostrar e partilhar o seu trabalho, e quem sabe poder conquistar um público tão exigente e apatriota como o português.

 

Reportagem Comic Con Portugal 2015

 

Maravilhados com a qualidade em exposição, era difícil chegar à zona dos expositores, e muito mais desta passar para a secção de exposição de cinema e séries, onde encontrávamos o que no ano anterior foi intitulado de “exposify“. Outra novidade residiu na vasta área gaming e restauração. A restauração conseguiu albergar com relativo sucesso (apesar das filas astronómicas no sábado) o público, bem como oferecer um mais alargado leque de escolhas alimentares.

 

Reportagem Comic Con Portugal 2015

 

A área gaming passou a ter dois palcos, um deles onde teve lugar o torneio de League of Legends. A oferta foi sem dúvida imensa sem qualquer tipo de comparação possível com a do ano anterior, podendo mesmo afirmar que se tratou da surpresa desta edição.

A organização deste evento foi superior, o apoio aos visitantes e participantes sofreu uma melhoria comparativamente ao seu antecessor, contudo, tristes episódios foram observados no que diz respeito à equipa de apoio do evento. Os voluntários eram muitos, a oportunidade de fazer parte da organização do evento é sem dúvida aliciante tendo em conta o vasto número de atrações dos mais variados nichos. Infelizmente, tive o desprazer de observar um conjunto de pessoas com uma conduta indesejável enquanto membros da staff, e com conhecimento duvidável sobre o que estavam lá a fazer e no que consistia o evento. Com isto não quero dizer que todos eram assim, mas advertir que momentos menos felizes podem determinar a opinião de um visitante no que diz respeito a este quesito.

 

Reportagem Comic Con Portugal 2015

 

Heróis do cosplay – O melhor com os melhores!

O apogeu da convenção foi atingido no concurso de cosplay, Heróis do Cosplay. Bem antes das portas que davam ao Auditório B abrirem, dezenas de pessoas aglomeraram-se na expectativa de assistirem ao que seria com certeza, o ponto alto do segundo dia do evento. Apesar dos atrasos habituais, o espetáculo decorreu com a animação já habitual, com os irreverentes e entusiastas Sea3P0 e Álvaro Veiros, como apresentadores do evento.

A organização para além de promover uma produção recheada de atuações de luxo, contou com a presença, animação e simpatia do maravilhoso Leon Chiro! O júri e cosplayer convidado, foi uma das peças chave da secção de cosplay da Comic Con Portugal 2015, tornando-se um exímio convidado no concurso e anfitrião na palestra de cosplay.
Com uma qualidade em apresentação e fatos, os concorrentes mostraram que também em Portugal se faz bons concursos de cosplay com a qualidade, prémios e organização dignos de comparação com eventos de renome internacional.

 

[pp_gallery gallery_id=”21138″ width=”230″ height=”150″]

 

Comic Con Portugal 2015 – Opinião

Entre palestras, expositores, jogos e muito, muito cosplay o tempo tornou-se escasso! O ambiente provido está cada vez melhor, contudo existe sempre muita margem de progressão, sobretudo no que diz respeito ao espaço dedicado às palestras de comics e autores. O Auditório Comics & Literatura revelou ter sido a pior das escolhas por parte da organização, no que diz respeito à localização. Em plena área de expositores, o barulho por vezes ensurdecedor tornou quase impossível ouvir os autores, e comunicar tornou-se um mito. Os convidados foram sublimes, alguns deles já nossos conhecidos da edição anterior e tão bem-vindos quanto esperados, foi realmente lamentável o espaço escolhido não fazer jus aos ilustres convidados, pelo que considero crucial uma mudança de localização que permita a partilha de cultura, conhecimento e arte num ambiente mais calmo e silencioso.

O espaço dedicado à alimentação apresentou melhorias significativas, contudo face ao crescente número de visitantes, um aumento da quantidade de oferta numa próxima edição será algo obrigatório afim de conseguir suprimir as longas filas de espera nos dias de maior adesão.

 

Reportagem Comic Con Portugal 2015

 

Eu quero mais, e vocês?
Pessoalmente guardo momentos únicos destes três dias de puro frenesim e divertimento. Aspetos a melhorar haverão sempre, alguns deles referidos em cima, contudo a panóplia de atividades, a qualidade e diversidade de oferta, e como é claro, a quantidade absurda de maravilhosos cosplayers e convidados das mais diversas áreas, enriqueceram indubitavelmente a cultura e conhecimento dos milhares de visitantes.

Foste à Comic Con Portugal 2015? Partilha connosco a tua experiência e dá a tua opinião!

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

PtAnime Twitter Giveaway 100 followers