Se me perguntassem sobre Anime …

por Renato Sousa
A receita para fazer um bom anime

Certamente que muitos de vocês, adeptos do Anime, já passaram pela seguinte experiência. Ao tentarem convencer alguém a ver Anime, ou até mesmo durante uma conversa com um outro fã deste tipo de entretenimento, chegar uma terceira pessoa e tecer comentários do género: “O quê? Queres que eu veja desenhos animados? Eu já não tenho 10 anos!” ou “Lá estão vocês outra vez a falar de bonecada!”.

Sem dúvida que este paralelismo errado entre a infância e o Anime leva muita gente a formar uma ideia errada que mais tarde não lhes permite dar o braço a torcer. Sobre isso já me revoltei aqui e, pelo menos para já, a minha atenção tem outras prioridades. Tais como, e agora vou dar sentido a este artigo, aquelas pessoas que quando nos ouvem a falar de Anime todos entusiasmados e bem-dispostos se interrogam interiormente sobre a situação, mas não têm a coragem de fazer perguntas. Principalmente se estiver por perto alguém que nos condene por ver One Piece, Naruto, etc.

Tendo em conta estes casos, vou, no corpo deste artigo, assumir o lugar deles e imaginar algumas perguntas que gostaria de colocar a quem vê Anime, dando logo de seguida a resposta. Certamente que este post não terá muito interesse para quem já é adepto de Anime. No entanto, com alguma divulgação (conto convosco!), tenho a certeza que ele acabará por chegar ao público alvo e cumprir a sua missão, que passa por esclarecer muitas dúvidas e elucidar muita gente sobre aquilo que é verdadeiramente o Anime. Depois de lerem a suposta entrevista, sintam-se à vontade para partilharem as vossas opiniões sobre este assunto. 

 

Entrevista entre um Curioso e um Adepto de Anime

 

Curioso: O que é que te cativa no Anime?

Adepto do Anime: Sabes, caro Curioso, de uma forma muito simples, a elevada qualidade de todos os traços caraterísticos que constituem uma obra deste género. Os japoneses têm uma criatividade acima da média, e isso reflete-se bem nas histórias desenvolvidas, nos ambientes impossíveis de imaginarmos até à altura em que surgem, na concepção das personagens a nível físico e psicológico, na música que acompanha cada cena, nos bons valores que nos transmitem e, deixa-me acrescentar este traço próprio do Anime, na emoção e sentimento que particularmente os japoneses que dão a voz às personagens conseguem transmitir para nós, espetadores. Claro que o Anime é muito mais do que isto, mas aqui tens parte do principal, daquilo que eu te consigo transmitir. Só mesmo quando vires alguma série por curiosidade, sem juízos prévios influenciados, é que vais perceber exatamente do que te estou a falar e sentir o que não posso expressar.

 

Curioso: Mas olha lá, também existem séries reais de grande qualidade, que se encaixam em grande parte das caraterísticas que acabaste de mencionar. Não é suposto essas serem mais atrativas? O que te leva a trocar uma coisa pela outra?

Adepto do Anime: Simplesmente por opção minha. Dizes e bem, que existem séries reais de grande qualidade. Estou totalmente de acordo. Na verdade, tanto no Anime como na ficção real existem boas e más produções. Não te vou mentir e dizer que são só obras de cinco estrelas.

Agora, tendo em conta tudo o que já vi a nível real e de Anime, ou seja, depois de estar em contato com as duas realidades de livre vontade, encontro no Anime séries que me cativam mais. Não quer isto dizer que se tiver um filme real de sucesso que queira muito ver não o meta à frente de uma série de Anime. O que acontece é que na maioria dos casos, quando entro na secção da alta qualidade, encontro com mais frequência Animes que batem mesmo no topo.

 

Curioso: Que tipo de séries?

Adepto do Anime:De todos os tipos! Lembras-te do paralelismo que fiz na resposta à tua pergunta anterior? Disse-te que tanto num lado como no outro existiam séries de alta e baixa qualidade. O mesmo se passa com os tipos. Há para todos os gostos. Não é só Dragon Ball, Pokémon e Digimon. Aqui podes encontrar algumas associações aos vários tipos que existem. Ah, e não te esqueças que esta diversidade influencia de certa forma a questão das faixas etárias. Muita gente não imagina, mas o que não falta são séries de Anime para maiores de 18. Consoante a série, e pegando num exemplo concreto, ver uma personagem a morrer de maneira trágica é mais frequente do que podes pensar.

 

Curioso: Mas o facto de ser em desenho animado não te atrapalha? Não te faz confusão, tendo em conta que isso era algo que fazia parte da tua programação televisiva apenas na infância e pré adolescência?

Adepto do Anime: Pensa um pouco. Porque é que dizes que era apenas nessa altura? Porque houve ali uma fase em que começaste a ver televisão junto dos mais velhos e a tua realidade mudou. Podes não te ter apercebido, mas aí passaste por um processo de adaptação, de mudança de hábitos. Aqui é precisamente a mesma coisa, depois de te habituares aos desenhos novamente, eles não te vão atrapalhar. Se bem que, a meu ver, este desconforto de que falas está acima de tudo relacionado com a fixação da ideia que o Anime é para crianças. Repara, não são os miúdos que vêem Family Guy, The Simpsons ou American Dad, são os mais velhos! Ao verem aquilo os desenhos não atrapalham, então porque hão de fazer mossa no Anime? Creio que seja mais uma questão de consciência.

 

Curioso: Não tenho mais perguntas. Confesso que gostei bastante da conversa. Pelo que dizes o Anime não é realmente como muita gente o julga. Talvez um dia destes lhe dê uma oportunidade.

Adepto do Anime: Gosto de falar sobre isto e este diálogo não foi exceção, até porque com tantas perguntas levaste-me realmente a interrogar o que me atrai tanto no Anime. Deixa ainda que te diga que grande parte das séries de Anime têm origem da Manga. Fica com este dado curioso para poderes investigar qualquer coisa sozinho se estiveres interessado.

Em relação à oportunidade de que falas, acho sinceramente que a deves dar. Quanto mais não seja para tirares as tuas próprias ilações sobre o Anime. Se gostares, aí sim, podes dar continuidade e, quem sabe, obrigares-me a ter uma outra conversa contigo sobre este assunto e sobre a Manga.

 

0 comentário


Loading...

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.