Chihayafuru | Episódio 9

por Renato Sousa
Chihayafuru - Chihaya Ayase

But I Cannot Hide

O clube de Karuta está oficialmente formado e já todos pensam em entrar na próxima competição, onde vão jogar como equipa. Para isso é preciso desenvolver as capacidades de Tsutomu e Kanade, já que estes dois entraram no clube sem grande experiência de jogo. Com tão pouco tempo para os colocar numa forma minimamente aceitável para a próxima competição, muitas horas extra de treino vão ser precisas. Chihaya não lhes vai facilitar a vida, já que foi com treinos exigentes que evoluiu no Karuta. Agora resta saber se o efeito vai funcionar nos seus companheiros.

 

Galeria de Imagens: Chihayafuru | Episódio 9

[pp_gallery gallery_id=”25525″ width=”230″ height=”150″]

 

Este é um daqueles episódios a que não se pode pedir mais. Isto porque está muito bom nos dois planos principais de Chihayafuru.

Primeiro a nível do Karuta, que começa com a diretora da escola a receber as assinaturas de todos para tornar o clube oficial. Esta aceita a organização, mas rejeita que Chihaya seja a presidente sem nos deixar perceber muito bem porquê.

Felizmente, este aspeto é rapidamente esquecido com as cenas seguintes. Ao começarem a treinar todos juntos, e quando se esperava que Chihaya não encarasse o jogo com Kanade de uma forma muito séria, acontece precisamente o contrário. Sinceramente, já não sei quando é que vamos deixar de ser surpreendidos pelo carácter desta personagem.

Contudo, esta parte é boa e conclusiva para nós, espectadores. A máxima intensidade aplicada por Ayase Chihaya perante Kanade, uma iniciante no Karuta, faz-nos perceber que na maioria das vezes é assim que se deve ser. Ao jogarmos um jogo na máxima força, no qual somos favoritos, o adversário se nos conseguir derrubar vai ser porque realmente evoluiu bastante. Mais ainda, este vai-se sentir motivado ao perceber que não ganhou porque tiveram pena dele. Sem dúvida uma questão moral que nos deixa a pensar como reagir perante situações como esta.

Ainda no Karuta, temos um plano intermédio neste episódio, que se passa no momento em que o grupo vai todo para casa de Taichi para lá passarem dois dias focados apenas no jogo. Chihaya estabelece aqui um plano bastante árduo para os seus colegas e que vai ser interrompido com o regresso a casa antecipado da mãe de Taichi. A parte dos jogos entre elementos é no entanto fantástica de se ver, não só pelas animações que tem, mas também pela música que a acompanha. Muito bom mesmo!

Por último temos o outro plano principal deste anime que aborda o sentimentalismo e as relações entre as várias personagens. O episódio termina, para surpresa de todos, com a comemoração dos 16 anos de Chihaya, que ao ser surpreendida pelos outros membros do Karuta comove-se. Aqui voltamos a constatar também o relacionamento forte que existe entre esta e Taichi. Amizade muito forte ou amor entre estes dois? Continuamos na dúvida! Quando tudo parecia estar contado, outro acontecimento inesperado acontece. Arata volta a dar sinais de vida ao mandar uma mensagem a Taichi para este dar os seus parabéns a Chihaya. Esta fica felicíssima. Depois de tudo o que já assistimos em Chihayafuru, não era difícil de adivinhar a sua reação.

E pronto, agora também já vocês podem comprovar a riqueza deste episódio, que foi conseguida através de um processo muito simples: o focar-se apenas e só naquilo que são os seus temas/conteúdos principais. Venham os campeonatos de Karuta!

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.