Seungri admite a 1 de 8 Acusações no 1º Julgamento

por Baltas
Seungri admite a 1 de 8 Acusações no 1º Julgamento

O Seungri, antigo membro dos BIGBANG, admitiu uma das oito acusações no primeiro julgamento que foi realizado no dia 16 de setembro de 2020.

A defesa do Seungri confirmou:

Negamos todas as acusações exceto a sua violação do Foreign Exchange Transactions Act.

 

O Seungri foi indiciado por oito acusações incluindo: a aquisição de serviços de prostituição, mediação de prostituição, fraude, violação do Act on the Aggravated Punishment sobre crimes específicos económicos – uma acusação adicional por desvio de uma quantia excedendo um certo número – violação do Food Sanitation Act, apostas habituais, violação do Foreign Exchange Transactions Act e violação do Act on Special Cases Concerning the Punishment sobre crimes sexuais.

 

KPOP - Idols já Não podem Adiar Serviço Militar até aos 30 anos Seungri admite a 1 de 8 Acusações no 1º Julgamento

 

O caso do Seungri foi transferido para os tribunais militares após o seu alistamento em março de 2020.

O Seungri é suspeito por organizar serviços de prostituição para investidores estrangeiros de modo a assegurar investimentos nos seus negócios, entre dezembro de 2015 e janeiro de 2016. Por volta da mesma altura, ele alegadamente  também adquiriu serviços de prostituição para si.

Para além disto, foi também indiciado por suspeitas de desviar 528 milhões de won (aproximadamente 381.463€) do clube Burning Sun para uso no Monkey Museum e limpar fundos de Yuri Holdings no valor de 22 milhões de won (aproximadamente 15,894€) ao disfarçá-los como honorários devidos a advogados, em nome dos funcionários.

É alegado que o Seungri realizou apostas em várias ocasiões em Las Vegas entre dezembro de 2013 e agosto de 2017 e usou um total de 2.2 mil milhões de won (aproximadamente 1.589.744€). É ainda suspeito de trocar 1 milhão de dólares por fichas de casino e não reportar a troca, o que é uma violação do Foreign Exchange Transactions Act.

No tribunal, o representante legal do Seungri afirmou:

O arguido [Seungri] não tem motivos para mediar prostituição. Não teve qualquer papel na mediação de prostituição de Yoo In Suk.

 

O antigo CEO de Yuri Holdings, Yoo In Suk, confessou relativamente às suas acusações, incluindo a mediação de prostituição em junho de 2020. Quanto às suspeitas de que o Seungri adquiriu serviços de prostituição para si próprio, disseram:

O Seungri não se recorda se teve relacionamentos sexuais com a mulher em questão mas pensa que a mulher foi alguém que Yoo In Suk enviou simplesmente porque o queria conhecer.

 

Mensagens ligadas ao Seungri sobre as Controversias

 

O representante legal acrescentou:

Apostas habituais só podem ser reconhecidas após considerar não só o montante de dinheiro apostado mas todos os aspetos, incluindo o número total de vezes que se apostou, a duração, o motivo e a convicção anterior. Apostas não era o propósito da visita do arguido aos Estados Unidos e ele realizou as suas atividades agendadas durante a sua estadia.

 

Quanto às suspeitas que tenha filmado e espalhado filmagens ilegais, o representante legal do Seungri afirma:

Ele não tirou as fotos. Ele apenas partilhou fotos que recebeu de um estabelecimento de entretenimento adulto num grupo de conversa com os seus amigos.

 

O Seungri falou abertamente sobre a sua alegada violação do Food Sanitation Act, relativamente à gestão do clube Monkey Museum, ao dizer:

Após receber a ordem de correção, todas as estruturas problemáticas foram removidas. Eu estava fora do país devido às minhas atividades como celebridade, então não posso confirmar com os meus próprios olhos.

 

CEO do Burning Sun pede desculpas ao Seungri

 

O Seungri admitiu uma acusação: a violação do Foreign Exchange Transactions Act e afirmou que esteve a refletir nos seus erros.

 

>> Para mais notícias sobre K-pop, clica AQUI!

 

Para saberes todos os Comebacks de Setembro de 2020, clica AQUI! <<

 


Artigos relacionados:

Cantinho do Kpop – BTS, NU’EST, Suho e Seungri

Fonte da YG responde ao Anúncio de Saída do Seungri

Seungri anuncia Saída da Indústria de Entretenimento


 

Fonte: Soompi
Imagem de destaque: Xportsnews

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.