Shizuka Furuya – Seiyuu regressa ao activo 5 anos após acidente

por Pedro Costa
Shizuka Furuya - Seiyuu regressa ao activo 5 anos após acidente

No passado sábado (1 de agosto de 2020), a seiyuu Shizuka Furuya anunciou que vai regressar ao trabalho de actuação vocal, cinco anos depois de anunciar a sua aposentadoria em 2015.

Em entrevista ao website Animate Times, Shizuka revelou que a razão que a levou a retirar-se em 2015 foi um acidente de viação no qual foi atingida por um camião, que levou a que metade do seu corpo ficasse paralisado.

 

Shizuka Furuya – Seiyuu regressa ao activo 5 anos após acidente:

Shizuka Furuya - Seiyuu regressa ao activo 5 anos após acidente

Shizuka Furuya – Seiyuu regressa ao activo 5 anos após acidente

 

Shizuka acrescentou que que fez o anúncio original da sua reforma apenas no seu Twitter, uma vez que ela era uma seiyuu freelancer na altura e não se encontrava a trabalhar sob nenhuma agência de talentos. Contudo, recentemente, o seu produtor perguntou-se se ela consideraria regressar à actuação vocal, para além dela ter igualmente recebido uma oferta de trabalho da sua ex-agência, Production Ace, por volta da mesma altura. A seiyuu acrescentou que fez a oferta de emprego não sabia que ela se tinha retirado e que a sua colega seiyuu em NichijouMariko Honda, também não fazia ideia da sua reforma. Shizuka observou que, quando fez o anúncio, ela trancou o seu Twitter.

Pós-reforma, Shizuka trabalhou em algumas coisas, mas usou o seu atestado para fazer umas férias na Coreia do Sul.

 

Shizuka Furuya - Seiyuu regressa ao activo 5 anos após acidente

Nano Shinonome (Nichijou)

 

Shizuka Furuya é talvez mais conhecida por dar voz à personagem Nano Shinonome no anime pela Kyoto Animation, Nichijou – My Ordinary Life. Ela deu ainda voz a AUGA1 em Upotte!! e Rhine X1 em Robot Girls Z.

 


Artigos Relacionados:


 

Fonte: Anime News Network
Fotos via Twitter oficial de Shizuka Furuya

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.