Dois Mundos | Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1 – Opinião

por Cátia Coelho
Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1 - Opinião marin e wakana flores

Em 2021 vi muito pouco anime, confesso, então este ano quis mudar isso e voltar ao que fazia antes e acompanhar as temporadas. Já entendi que é a melhor forma que tenho para ver mais anime ou simplesmente começo a adiar e adiar. Aliás, para quem tem esse mesmo problema aconselho um artigo que escrevi em 2018 que pode ajudar neste quesito (link abaixo).

 


 Como ter Mais Tempo para Ver Anime? – ptAnime


 

No dia 5 de janeiro vi Hakozume: Kouban Joshi no Gyakushuu, o qual gostei bastante e imediatamente iniciei a análise ao primeiro episódio – que podes ler clicando aqui. Ontem, dia 7, experimentei Slow Loop mas foi bem secante e quase não quis ver até ao final. Hoje, dia 8, foi o dia de Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru, um dos animes mais esperados desta Temporada pelo público em geral e por mim também após ler a sinopse. Não li o mangá, nem sei nada da história a não ser pelo que vi agora.

Como podem imaginar através deste texto, gostei TANTO do episódio que tive de o vir analisar. Duas análises semanais para quem não fazia uma desde Bakuten!!? Vai ser lindo vai. Desejem-me sorte.

 


Podes ler aqui todas as análises semanais de Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru!


 

Dois Mundos | Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1 – Opinião

 

Dois mundos, duas personalidades

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1 primeiras impressões marin e wakada

 

A plot apresentada não é nada que já não tenhamos visto antes. São duas pessoas distintas, de “mundos diferentes”, com formas desiguais de ver a vida, mas que no final convergem em algum ponto. Neste caso foi o hobby de um dar jeito ao desejo do outro. Ao ver o primeiro episódio já entendemos para onde aquilo vai levar e percebemos a sua intenção, mas ainda assim dá-nos MUITA vontade de continuar a ver, já que os personagens possuem personalidade jurídica (quem apanhou, apanhou).

De um lado temos o Wakana, claramente introvertido devido às suas vivências, desde criança até à adolescência. Digamos que ele apenas é como é por gostar de “pintar e vestir bonecas”, pois caso não tivesse enverendado por este caminho poderia ter sido uma pessoa completamente diferente. A personalidade introvertida dele foi construída com base em como as pessoas o tratavam e não naquilo que realmente é/era. Aqui percebemos o quanto a sociedade e o contacto com os outros nos molda e como poderíamos ser pessoas completamente diferentes se tívessemos crescido noutro lugar qualquer.

 

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1 resenha wakana criança

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1

 

Do outro temos a Marin, da qual não sabemos muito, apenas a perspectiva do protagonista masculino. Ao contrário dele, e por ser extremamente bonita de acordo com o padrão vigente, vive num mundo completamente à parte onde defende que os gostos pessoais de cada um existem para serem respeitados. Enquanto que o Wakana tenta a todo o custo esconder aquilo que gosta pois sabe que será “olhado de lado”, a Marin esfrega na cara de todos que gosta de anime, manga e videojogos e que quem estiver mal com isso pode simplesmente ir apanhar batatas.

 

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Ep 1 resenha marin

 

O facto de ser assim diz muito do tipo de infância e vivências que poderá ter tido, que culminaram numa pessoa emocionalmente saudável e, portanto, sem problemas de baixa autoestisma – que não é claramente o caso dele.

Quando uma pessoa possui confiança em si e acredita que é um ser-humano que merece respeito e valor, é fácil dizer e mostrar ao mundo os seus interesses. O facto de ser uma rapariga bonita também a auxilia a não ser “marginalizada” pelos companheiros da mesma idade, factor que usa em seu favor – até pelo fanservice que decidiram espetar no meio.

 

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Ep1 resenha marin e wakada sala de aula

 

Agora ao reler o que escrevi acima até parece que não gostei deles e estou aqui a destilar ódio. No entanto é exactamente o contrário. Eles são basicamente o esteriótipo do papel que estão a representar, mas isso não significa que sejam menos interessantes de acompanhar. Antes de uma boa historia é importante que na interacção entre os personagens exista química e isso obviamente existe em Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru.

 

Bonecas Hina e Cosplay

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Ep 1 opiniao hina dolls bonecas

 

Caso ainda não tenhas reparado, tenho uma confissão a fazer: não sei nada de bonecas Hina ou de cosplay. Chocante não é? Quer dizer, de cosplay sei claramente a base de quem vive neste mundo de anime e eventos mas nunca sequer pensou em realizar essa actividade, pelo que se estiver algum cosplayer a ler-me e que queira acrescentar informações interessantes sobre o assunto, ao longo destas análises, está a vontade!

Mas tal como a Marin explicou, acredito, muito bem, o fazer cosplay tem a ver com querer vestir o mesmo que os nossos personagens preferidos, como forma de expressar o quanto gostamos deles.

 

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Ep 1 analise marin cosplay

 

É algo que considero verdadeiramente fascinante e adoro ver todo o carinho que as pessoas colocam para encarnarem as personagens que mais gostam. Os cosplayers podem comprar a roupa e acessórios ou então criá-los/construí-los a partir do zero e este é o problema da Marin que não sabe costurar (como bem se percebeu com aquela fatiota – estou contigo miúda, eu também só sei coser meias). Aqui entra o salvador da pátria, com uma máquina de coser debaixo do braço e resolve tudo. Uma vez que ele gosta de fazer roupas para as Hina Dolls, pode aproveitar para melhorar as suas capacidades ao criar roupa para “bonecas maiores” (o facto da Marin parecer uma foi de propósito, né?).

 

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Ep1 primeiras impressões boneca hina wokada

 

Já as Bonecas Hina, o passatempo do Wakada e que vem de família, dizem datar o Período Heian (794-1192). Nessa altura, as pessoas transferiam os seus pecados e infortúnios para as Hitogata ou Katashiro (bonecas simples feitas de plantas ou papel) e colocavam-nas a flutuar no rio ou no mar. As bonecas tiveram o seu significado alterado e são agora um tesouro que protege as crianças do infortúnio. Existe muito mais a saber sobre este tipo de bonecas e tradições associadas, mas teria de realizar uma pesquisa bem mais aprofundada sobre o assunto.

Podes ver no vídeo abaixo como é o processo de fazer uma destas bonecas.

 

 

São estes dois temas que dão aos protagonistas um encanto diferente e me fazem querer acompanhar o anime.

Não sei se a minha análise deu a transparecer o quanto gostei deste episódio, sinceramente. Cometi o erro de começar a escrevê-la umas horas depois de o ter visto e claramente o sentimento já não foi igual. Isso será revisto nas próximas semanas.

 


 

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1 – Opinião

 

Pensamentos Finais:

aka onde costumo dizer barbaridades

 

  • Claramente não foste bem educada pelos teus pais, amiga

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1 analise wakada criança

 

  • Wakada meio perv a olhar para uma boneca logo de manhã. Tens mesmo 15 anos

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1 analise wakada boneca

 

  • Um frame mais bonito que o meu futuro

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1 opinião animação cloverworks

 

  • Marin a representar todos os otakus

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1 opinião marin opening

  • Espero ver a Marin com estas roupas todas!

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1 opinião marin opening roupas

 

  • Alguém me explica como é que isto aconteceu? xD

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru Episódio 1 analise marin wakada queda

 

  • Máquina-chan, que permitiu isto tudo. RIP

Ep 1 Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru analise wakada maquina

 

  • Toda a cena foi a melhor parte do anime! Super divertida e kawaii

Sono Bisque Doll wa Koi wo Suru resenha marin cosplay

 

Gostaste desta estreia? Até para a semana!

 

3 comentários


Também deverás gostar de

3 comentários

Titi 18 Janeiro, 2022 - 0:49

Já tinha saudades desses artigos, principalmente dos pensamentos finais 😂
Não vi Bakuten por isso não fazia sentido acompanhar esses, mas os de The Promised Neverland ajudaram-me a acabar a segunda temporada pelo menos a rir
Para Bisque Doll duvido que seja preciso essa força visto que a qualidade dos primeiros episódios fala por si
Não chego ao nível de weebismo da Marin, no entanto, consigo dar relate com o querer incorporar personagens ao ter feito cosplay de Tanaka de Haikyuu, por isso fica aí o comentário de “expert” em cosplay
A queda do primeiro episódio vai permanecer um mistério, assim como eu vou continuar a simpar a Marin 😌

Responder
Cátia Coelho 18 Janeiro, 2022 - 18:32

Obrigada pelo comentário! Sim, também acho que neste anime não é precisa nenhuma força extra para ter vontade o ver 😀

Responder
Titi 18 Janeiro, 2022 - 20:02

De nada 👊

Responder

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.