Studio Ghibli – Quais as obras mais importantes de Hayao Miyazaki?

por Daniel Santos

No mundo das animações, não apenas dos animes, mas na produção de desenhos animados em geral, tanto no mundo oriental quanto no mundo ocidental, um criador se destaca e dispensa uma carta de apresentação pronta.

Miyazaki é conhecido mundialmente como um dos animadores, desenhistas, guionistas e criadores mais importantes e influentes de todo o mundo durante o seu tempo.

Nascido na década de 1940, em Tóquio, Hayao além de ser um dos mais famosos animadores e diretores de todo o Studio Ghibli, é também um de seus fundadores.

De acordo com diversas fontes, desde a sua infância que Miyazaki almejava ser um desenhista de mangá, uma profissão extremamente respeitada em todo o Japão devido à importância cultural do mangá em nível global.

Contudo, segundo o próprio Miyazaki, um dos maiores empecilhos para seu início na carreira de desenhista foi a sua dificuldade em desenhar pessoas.

 

Studio Ghibli – Quais as obras mais importantes de Hayao Miyazaki?

 

Quem vê as obras do Studio Ghibli que são de sua autoria nem suspeita disso. Contudo, é percetível a importância das paisagens e do uso de aguarela por parte do diretor, de modo que seu background quase chama mais atenção do que suas personagens.

Contudo, nos dias de hoje, apesar das suas dificuldades iniciais, Hayao Miyazaki se estabeleceu como um dos animadores, criadores, produtores e diretores mais respeitados de todo o mundo.

Levando em consideração a sua trajetória e a importância do Studio Ghibli para o reconhecimento do anime e do mangá fora do Japão, hoje iremos ver um pouco mais sobre a carreira de Miyazaki e quais são as suas principais obras.

 

A Viagem de Chihiro ou Spirited Away

Dentre as obras e produções de um dos diretores mais aclamados de todos os tempos, temos um dos maiores clássicos do anime e uma das mais famosas animações orientais no mundo ocidental.

A Viagem de Chihiro é uma animação que dispensa, assim como seu criador, qualquer modelo de carta de apresentação, visto que é a mais famosa e mais conhecida de todo o seu portfólio.

A história se baseia em uma jovem chamada Chihiro que, ao sair de viagem com os pais, se vê presa num mundo espiritual, onde a jovem descobre realmente quem é e passa por uma grande jornada, fazendo amigos, inimigos e sobrevivendo no plano espiritual.

Além de diversas lições de vida e moral, como são comuns em animações orientais, a Viagem de Chihiro conta com muita ação, drama e superação, sendo considerada uma das melhores animações de todos os tempos.

 

Kiki, A Aprendiz de Feiticeira ou Kiki’s Delivery Service

Outra obra extremamente conhecida do diretor Hayao Miyazaki é o clássico Kiki’s Delivery Service, lançado anos antes de A Viagem de Chihiro, mais precisamente no ano de 1989, enquanto Chihiro foi concebida apenas no novo milénio.

O enredo da história acompanha a jovem bruxa Kiki, que deixa a família, amigos e conhecidos a partir do momento em que faz treze anos, para aperfeiçoar as suas habilidades enquanto bruxa.

No universo do filme, esta busca por melhorar e aprimorar as suas habilidades e poderes é um ritual comum a todas as bruxas da idade de Kiki.

O filme apresenta uma grande reviravolta ao longo de seu enredo, visto que Kiki, devido à sua habilidade de voar, idealiza e inaugura um sistema de entregas.

Através de sua nova profissão, Kiki conhece diversas pessoas em sua nova cidade, amadurece, aprende bastante e vence toda insegurança inicial oriunda de seu nervosismo por uma nova fase.

 

O Castelo Andante ou Howl’s Moving Castle

Por fim, uma das obras mais elogiadas da carreira do diretor japonês é O Castelo Andante, baseado num conto inglês chamado Howl’s Moving Castle da escritora Diana Wynne Jones.

Assim como a maior parte das animações do Estúdio Ghibli, especialmente de Hayao Miyazaki, o O Castelo Andante é uma história de superação, aprendizagens e amadurecimento de uma personagem mediante conflitos internos, como:

  • Mudanças;
  • Adaptações;
  • Incertezas;
  • Amadurecimento;
  • Quebra de laços.

O Castelo Andante foca na história da jovem Sophie, que deve manter a chapelaria de sua família como meta de vida. Isso faz com que Sophie seja uma garota com problemas de autoestima e baixa ambição.

 

Todos estes temas são tratados por Miyazaki com mestria ao longo de toda a sua obra, porém, em algumas animações pontuais estas características se destacam, como por exemplo em A Viagem de Chihiro, O Castelo Andante e O Túmulo dos Pirilampos.

Hoje, o mais famoso diretor do Studio Ghibli é um dos mais importantes animadores de todos os tempos e respeitado por diversos desenhistas, guionistas, diretores e produtores que se inspiram em seu estilo de animação e de contar histórias.

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.