To Your Eternity Episódio 20 – Opinião

por Beatriz Ribeiro
To Your Eternity Episódio 20 - Opinião

Apesar da minha tristeza face ao arco anterior, To Your Eternity voltou a atingir o seu esplendor máximo. To Your Eternity voltou a tocar o meu coração.

 


Podes consultar AQUI todas as opiniões semanais de To Your Eternity


 

To Your Eternity Episódio 20 – Opinião

 

Pode-me ter falhado algo mas… ainda não sei muito bem como a Pioran escapou da prisão? Certamente Tonari, sendo a chefe da ilha, mandou libertá-la e ela lá foi. Mas, pondo isso de lado, adorei ver o quão preocupado estava Fushi com o bem de Pioran, sempre a voltar para trás para lhe deixar algo. Mas este comportamento engraçado é, na verdade, a manifestação pura da solidão de Fushi. 

 

To Your Eternity Episódio 20 - Opinião

A Pioran não estava a gozar quando disse que era muito bonita quando era nova 🙁

 

Buscando ativamente a companhia um do outro, Fushi e Pioran reencontram-se como nos velhos tempos. O problema é que, desta vez, Fushi depara-se com algo com o qual nunca se tinha deparado: a morte natural, o chamado “morrer de velho” de Pioran. Se todas as personagens anteriores morreram de forma precoce, a morte Pioran é fruto do ciclo natural da vida. Pela primeira vez, Fushi defronta-se com esta inevitabilidade absoluta da morte de todos os seres vivos e, tal como todos nós, tem dificuldade em aceitar este mesmo fim. A morte anda sempre de mão dada connosco mas que nós nunca sabemos aceitar. 

Não acredito que seja possível alguém ver a cena em que Pioran coloca as mãos sobre a esfera do Homem negro e não chorar. Aliás, atrevo-me a dizer que o desenvolvimento pleno da humanidade de Fushi e a morte de Pioran, foram a chave de ouro perfeita para o final deste anime.

 

Concluindo os comentários semanais…

Neste último episódio, senti que voltamos ao início, aquela emoção forte e triste que To Your Eternity transmitiu desde o seu primeiro episódio. Voltei a sentir este lado puramente humano, da história sobre a vida e sobre a morte, da história de todos nós. Para mim, Fushi acaba por ser este observador, que vê a vida, que a tenta compreender, apesar de ele mesmo escapar às suas regras. Afinal, todos nós desejamos ser este observador da vida, que escapa à inevitabilidade da morte. Mas Fushi é o testemunho vivo da solidão e tristeza que advêm do romper da lógica do ciclo da vida. Mesmo sendo dolorosa, mesmo sendo impossível de aceitar, a morte acaba por ser um dos requisitos do ser humano.

 

To Your Eternity Episódio 20 - Opinião

Um Fushi triste porque estou triste do anime ter terminado 🙁

 

Para mim, esta é a mensagem de To Your Eternity. A tristeza da inevitabilidade da morte nunca deve ser obstáculo para nos envolvermos profundamente na vida e nas relações com os outros. São essas relações que nos moldam, que nos mudam, que nos fazem sentir, que nos fazem ser humanos nos nossos sofrimentos e sorrisos. To Your Eternity é, sem dúvida, a viagem de uma vida pelos tabus da morte.

 

Mas, antes de terminar-mos completamente… Tenho que mandar as piadas finais, ok?


Fumetsu no Anata e Episódio 20 – Bónus

 

  • Quando vais à casa de banho às duas da manhã e está uma barata atrás da porta:

To Your Eternity Episódio 20

 

  • Homem negro: “apartir do dia em que nasces já estás mais perto da tua morte”, bem mórbido né.

Anime Fumetsu no Anata e opinião

 

  • Eu a colocar esfoliante na cara e a ficar com a pele arenosa que nem um deserto no processo:

Fumetsu no Anata e Análise

 

  • Esta nem precisa de legenda, é só um Fushi lobo engraçado e fofinho para a despedida 🙂

Fumetsu no Anata e ultimo episodio

 

Obrigada por acompanharem os comentários semanais de To Your Eternity! Espero que tenham gostado deste To Your Eternity episódio 20. Vemo-nos novamente em breve! 🙂

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.