Vale a pena assistir a Dr. Ramune Mysterious Disease Specialist?

por Raquel Cupertino
Kai Byoui Ramune Episódio 1 – Opinião

O meu colega Arthifis analisou episodiamente a série Dr. Ramune Mysterious Disease Specialist (poderão consultar todas as análises AQUI) pelo que se quiserem ler algo mais pormenorizado sobre a série recomendo a 100%! Neste artigo tentarei responder a uma questão que tantas vezes me fizeram: vale a pena assistir a Dr. Ramune Mysterious Disease Specialist?

 

Dr. Ramune - Anime revela 2.º Vídeo Promocional

Dr. Ramune – Poster

 

Sinopse:

Enquanto existirem pessoas com coração, existirão pessoas que sofrem. Quando algo “estranho” entra nas suas mentes, uma misteriosa doença manifesta-se no corpo. Essa “doença misteriosa” é desconhecida de muitos, mas certamente existe. Ramune é um médico que, acompanhado pelo seu aprendiz, enfrenta esta doença que a medicina moderna não consegue curar. Ele age sem se importar com nada, é grosseiro/asneirento e nem sequer parece um médico de verdade! Contudo, é capaz de identificar rapidamente a causa do que aflige os seus pacientes, e de os curar desta misteriosa enfermidade.

 

Sabem aquelas sinopse que vocês lêem e sabem que aquele anime é para vocês? Foi isso que aconteceu comigo quando li a de Dr. Ramune Mysterious Disease Specialist (Kai Byoui Ramune). E se houve coisa que aprendi com a rubrica Super Senpais foi que uma sinopse é um ótimo filtro de público. Como é óbvio esta série não é para todos e passo a explicar o porquê.

 

Vale a pena assistir a Dr. Ramune Mysterious Disease Specialist?

Existe um pequeno conjunto de obras, um subgénero se pudermos chamar assim, que explora os pequenos grandes desafios do quotidiano.

Esmiuçam o porquê de a humanidade agir de determinada forma, colocam-nos a pensar sobre dualidade entre o bem e o mal. Fazem tudo isto sem recursos a exageros narrativos ou histórias complexas. Pegam apenas em cenas como um professor a ver as orelhas de um aluno com o objetivo de avaliar se em casa este está a ser ou não negligenciado; Ou quando vemos uma pessoa que aparentemente é uma santa mas, na realidade, as suas ações em prol dos demais têm um fundo de auto-satisfação. E isto são alguns exemplos retirados de outra obra do género chamada Elegant Yokai Apartment Life.

Dr. Ramune partilha dessa mesma essência. Logo no primeiro episódio vemos uma menina que chora condimentos (maionese, molho de soja, etc) e procura o Dr Ramune para a curar deste grave problema. Esta doença não é do foro “natural” – claramente! – mas sim uma resposta mística do corpo a algo externo que afeta a menina. Mas o quê? É esta a questão que Dr Ramune e o seu assistente Kuro pretendem ver resolvida.

 

 

Como normalmente sabemos o que nos causa stress, é fácil entender que o foco não é o doente descobrir o que lhe está a causar o problema. Desde início que a menina sabe o possível motivo do seu stress, mas o preço para a sua resolução é demasiado alto…

Em suma, cada episódio é em torno de uma doença estranha, com as manifestações mais bizarras que possam imaginar e com motivos diversos. Na maioria das vezes, o episódio começa sem que percebamos o que se passa.

As histórias desenvolvidas são, na sua maioria, pesadas, com razões negras e moralmente questionáveis. Temos personagens que nos fazem pensar sobre o certo e o errado, outras ainda que nos deixam o coração pequenino quando pensamos em todo o sofrimento porque passaram.

 

Vale a pena assistir a Dr. Ramune

 

Acho maravilhoso a forma como cada episódio é construído para no fim descobrirmos tudo o que se passou. No início não temos acesso ao “all the picture” do caso, apenas da condição estranha. A resposta nunca é simples ou imediata, há sempre algo mais e isso é o que me fascina. O explorar de forma leve, suave e encadeada um problema real numa abordagem mística.

 

Mas então Dr Ramune é um bom anime?

Tudo o que eu disse até agora é capaz de vos atrair. O conceito é interessante, e os elementos são cativantes! A questão é o guião deste tipo de narrativas episódicas. Não há uma linha narrativa principal consistente ou que seja, sequer, o foco da série. A obra pretende acompanhar vários problemas e os protagonistas são como que os nossos olhos a resolver/conhecer as histórias.

Não existe ligação profunda com nenhuma das personagens, não há profundidade no que estamos a assistir. É como se estivéssemos a ver um episódio de CSI: para quem gosta do género é fixe, entretém, mas não colocamos no nosso top de melhores séries.

 

 

Há animes que são criados meramente para nos entreter sem serem pesados. Dr Ramune é uma espécie de slice of life em formato shounen, cujo objetivo é ajudar todas as pessoas que a procuram. Quer estas mereçam ou não, quer a culpa seja delas ou não, independentemente das consequências que a “cura” irá provocar na vida dos visados.

 

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.