Vendas Anime em DVD e Blu-ray diminuem em 2018

por João Simões
Vendas Anime em DVD e Blu-ray diminuem em 2018

A Japan Video Software Association (JVA) lançou um relatório relativo ao ano de 2018, que inclui uma observação sobre as vendas de Blu-ray e DVD de anime.

 

Vendas Anime em DVD e Blu-ray diminuem em 2018

Vendas Anime em DVD e Blu-ray diminuem em 2018

 

As vendas nacionais (Japão) relacionadas com o mercado de anime em Blu-ray, DVD e semelhantes, conseguiram totalizar à volta de 261 milhões de euros, o que é um decréscimo de 24.2% quando comparado com o mesmo período de 2017.

O mercado de Blu-ray desceu 21.1% em relação a 2017, e o mercado de DVD desceu 34.8%.

A venda de Blu-ray perfaz 80.7% das vendas e a de DVDs perfaz 19.3% de todo o mercado.

Notas:

  • Estes números representam a percentagem comercial para uso individual, e, portanto, não representam as vendas por aluguer, as vendas comerciais, ou de saldos especiais;
  • Esta categoria inclui anime que tem como público-alvo tanto jovens como público mais velho, e exclui vendas realizadas fora do Japão bem como animação que tenha crianças como público-alvo.

 

Vendas de Blu-ray e DVD descem no Japão

 

As vendas nacionais (Japão) que têm como público-alvo as crianças desceram 28.6% em relação a 2017, perfazendo um total de 11.4 milhões de euros. Estas vendas representam 1% de todo o mercado.

Além disto, os alugueres nacionais (Japão) de Blu-ray e de DVDs para o público em geral desceram 16.5% em 2018, perfazendo 45.3 milhões de euros, e os alugueres que têm como público-alvo as crianças desceram 19.3% perfazendo um total de 11.5 milhões de euros.

No geral, o mercado de vídeo desceu 5.1%, perfazendo 1.4 biliões de euros, quando comparado com 2017.

 

Kimi no Na wa. (your name.) Acusado de Plágio

 

O ano de 2017 teve um aumento de vendas em 2.6%, em relação a 2016, impulsionadas pelas vendas de Kimi no na Wa e de In This Corner of the World.

Como se pode ver pelo gráfico abaixo, as vendas deste mercado têm vindo a descer desde 2015. Olhando para os últimos anos, as vendas tiveram o seu melhor ano em 2014.

 

O relatório anual da Japan Video Software Association (JVA), correspondente a 2016, também revelou uma descida, quando comparado com o ano transacto. Este parece ser um mal geral, não só no Japão mas também no resto do mundo.

Estará o mercado digital a derrotar o físico?

 


Artigos Relacionados

Toshio Suzuki – Porque é que a Ghibli não se Transformou num Estúdio Gigante?

Shueisha revela Estatística de Circulação e Demografia

Spider-Man: Into the Spider-Verse – Animadores Japoneses partilham Experiências


 

Fonte: Anime News Network

 


Já conheces a nossa loja!? Não?

Clica na imagem abaixo para ver mais 🙂

Lista Anime Primavera 2019


 

0 comentário


Loading...

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.