Yakuza: Like a Dragon – Jogo confirmado como Multiplataforma

por Bruno Sales
Yakuza: Like a Dragon - Jogo revela Trailer Gameplay

Esta quinta-feira durante a apresentação da Xbox Series X foi revelado um novo trailer para o Yakuza: Like a Dragon (Yakuza 7) onde é confirmado um lançamento ocidental multiplataforma para o jogo.

A SEGA confirmou ainda que o jogo será lançado na Playstation 4, Steam, Xbox One e Xbox Series X numa data a anunciar no Ocidente.

 

Yakuza: Like a Dragon – Jogo confirmado como Multiplataforma

 

Relembramos que o jogo foi originalmente lançado no Japão  a 16 janeiro de 2020 como um exclusivo Playstation 4.

 

Este novo jogo possui ainda diversas alterações, sendo a maior delas a mudança do seu protagonista. Deixaremos de seguir as aventuras de Kazuma Kiryu e passaremos a seguir Ichiban Kasuga, um membro da Arakawa Family, uma das famílias afiliadas ao Tojo Clan.

Para além da nova localização onde se irá passar maior parte da trama, o combate foi outro aspecto drasticamente modificado. Ao contrário do fluído combate já conhecido, passaremos a ter “batalhas RPG por comandos em tempo real” Neste completamente novo sistema de combate, Ichiban Kasuga e os seus companheiros, lutarão em batalhas imersivas e dinâmicas contra todo o tipo de inimigos, com o uso diversas técnicas de ataque, recuperação, suporte e mais.

 

 

No inicio do ano foi ainda lançado um remaster dos jogos 3, 4 e 5 da franquia Yakuza para a Playstation 4.

Várias mudanças na qualidade de vida foram ainda adicionadas para cada lançamento da colecção, incluindo um Substory Tracker no mapa e a habilidade de trocar a linguagem das letras das músicas no Karaoke entre inglesa e japonesa.

 

Os interessados podem encontrar a análise do remake do primeiro jogo aqui no nosso site!

 

Yakuza Kiwami – Análise

 


Artigos Relacionados:

YAKUZA 7 ANUNCIADO PARA 2020 NO JAPÃO

THE YAKUZA REMASTERED COLLECTION REVELADA


 

Fonte: Twitter

 

0 comentário


Loading...

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.