Yen Press adquire licenças de ERASED e Bungou Stray Dogs

por Renato Sousa
Yen Press adquire licenças de ERASED e Bungou Stray Dogs

A Yen Press aproveitou a Anime Expo (Los Angeles, 1 a 4 de julho) para trazer a público uma grande novidade. Através do Painel Kadokawa existente na Expo, a editora confirmou a aquisição das licenças para publicação das mangas Boku dake ga Inai Machi (ERASED) e Bungou Stray Dogs.

Durante o anúncio, Kurt Hassler destacou o objetivo da empresa em disponibilizar todos os seus títulos em formato digital. Já a data para a concretização a 100% deste objetivo é mais difícil de prever.

O primeiro volume de ERASED está programado para a primavera 2017. A Yen Press vai compilar os oito volumes originais desta obra em apenas quatro. Isto é, uma espécie de versão Omnibus 2 em 1. Algo semelhante ao que foi feito com a manga “Emma”.

Boku dake ga Inai Machi (ERASED) conta-nos a história de Satoru. Um esforçado mangaka que tem a habilidade de voltar atrás no tempo e evitar mortes. Quando a sua própria mãe é assassinada, o protagonista retorna ao passado para tentar descobrir o homicida. Porém o mesmo acaba na época em que ainda frequentava a escola primária, pouco tempo antes da sua colega de turma Kayo desaparecer.

Esta manga, criada por Kei Sanbe, teve início em 2012 e findou no passado mês de março. A obra chegou a ser nomeada para o Tezuka Osamu Cultural Prize Reader Award, em 2014, e para os Manga Taisho Awards em 2015. A 7 de janeiro estreou a adaptação anime e sensivelmente dois meses depois surgiu a adaptação live-action.

 

Yen Press adquire licenças de ERASED e Bungou Stray Dogs

 

Yen Press adquire licenças de ERASED e Bungou Stray Dogs

 

Relativamente a Bungou Stray Dogs, o seu lançamento deverá ocorrer já em dezembro. Note-se que esta manga, escrita por Kafka Asagiri e desenhada por Sango Harukawa, iniciou serialização na revista Young Ace em 2012. A 2 de junho, a Kadokawa deu início à comercialização do décimo volume desta obra. Este par de autores também é responsável pelos novels de Bungou Stray Dogs, cujo terceiro volume foi publicado em maio 2015.

A história de Bungou Stray Dogs centra-se à volta de uma liga de figuras literárias com poderes sobrenaturais. Por exemplo, na vida real, Ryūnosuke Akutagawa escreveu aclamadas histórias que inspiraram o filme Rashōmon, de Akira Kurosawa e o arc Jigoku Hen, da série anime Aoi Bungaku Series. Em Bungou Stray Dogs, ele tem o poder para transformar e manipular o seu manto numa espécie de entidade monstruosa. Juntas, estas figuras da literatura resolvem mistérios enquanto membros integrantes da Armed Detective Agency”.

A manga dá destaque a autores japoneses como Rampo Edogawa, Kenji Miyazawa, Osamu Dazai, Atsushi Nakajima, Doppo Kunikida, e Akiko Yoshino, para além dos contemporâneos Yukito Ayatsuji e Natsuhiko Kyogoku. Além Japão, os contemplados são Fyodor Dostoyevsky, Agatha Christie e Dan Brown.

A obra já ganhou vida no universo Anime, tendo esta estreado em abril passado. Entre os retalhistas nipónicos, Bungou Stray Dogs entrou no top 15 mangas do ano 2014.

 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.