Manga Shokugeki no Souma – Capítulo 100

Shokugeki no Souma – Capítulo 100 – “A Sharp Point”

 

Jurados e amigos, encaravam descrentes, o prato de Akira. Confiantes na vitória de Ryo, nada os preparara para a genialidade do mestre das fragrâncias. O fato de se tratar de uma entrada reduzia as probabilidades de vitória, comparativamente a um prato composto e rico em alimentos, como o caso de uma refeição principal.

Utilizando as caraterísticas da ementa a seu favor, Akira conseguiu criar um prato rico de Sauro Pacífico, que primava sobretudo pela originalidade.

 

 

A conclusão foi óbvia: Ryu subestimou o Carpaccio do seu adversário direto. Após expor o seu prato aos jurados, eis que a cartada final é lançada: escaldou o peixe com fogo. O resultado foi, de certa forma, o esperado, uma explosão de fragrâncias inundou o recinto, o aspeto simples mas requintado, tornou-se suculento e brilhante.

Nem os jurados ficaram indiferentes. Incapazes de se conter, atacaram a entrada ansiosos por comprovar que o paladar iria se igualar ao aroma transcendente, oriundo do prato.

 

 

A curiosidade em relação aos condimentos utilizados foi imediata. Cientes da mestria com que Akira conjuga as especiarias, seria espetável uma infinidade de produtos utilizados para criar o aroma dos deuses. Todavia, não foi o caso. Como o diretor da escola assim o constatou, Akira apenas usou uma única especiaria: o molho Kaeshi.

O aspirante a chefe pincelou o peixe com o molho tradicional japonês, mesmo antes de o servir. Após ser exposto, bastou o toque final do calor produzido pela chama para avivar todas as fragrâncias retidas no prato. Numa conjugação perfeita entre as caraterísticas do peixe, sabor adocicado do Kaeshi e o calor, foi criada uma verdadeira obra prima de culinária, digna dos grandes chefes.

Sem dúvida que, a analogia ditada pelos jurados aos dois alunos não poderia estar mais correta, dois mercenários, ambos poderosos, de um lado a brutalidade e força de Ryo, do outro a mestria e elegância de Akira. Qual dos dois vencerá?

 

 

O que todos se tinham esquecido é que ainda faltava avaliar um elemento: o problemático Souma. A originalidade costumava ser o seu ponto forte, aliado à sua enorme capacidade de criação e improviso, no entanto, os seus adversários parecem cumprir, igualmente, esses quesitos. Conseguirá Souma surpreender?

 

 

 

Artigos Relacionados

Kazu Inabe e Ikumi Fukuda lançam novo Manga Sci-fi em Dezembro

TOP 10 Manga mais Cómicos da Shonen Jump – Fãs Japoneses

Alice in Borderland – Live-Action revela Vídeo sobre Jogo Mortal