Koe no Katachi quebra o silêncio quanto à Data | Filme

por Raquel Cupertino
Koe no Katachi quebra o silêncio quanto à Data

A distribuidora Shochiku anunciou que as estreias das adaptações da manga Koe no Katachi (A Silent Voice) e da manga Higanjima, estão agendadas para a temporada de outono de 2016.

A Kyoto Animation está a produzir o filme anime baseado na obra de Yoshitoki Ōima, Koe no Katachi (A Silent Voice). Naoko Yamada (Tamako Market, Tamako Love Story, as duas temporadas e filme de K-ON) está a dirigir o filme, Shochiku está a cargo da distribuição do filme no Japão.

 

Koe no Katachi quebra o silêncio quanto à Data

Koe no Katachi quebra o silêncio quanto à Data

 

A segunda série televisiva live action e a segunda adaptação a filme live action da manga de Kōji Matsumoto, Higanjima, têm estreia marcada para 2016. Os novos projetos irão adaptar o manga Higanjima: Saigo no 47-Hiai (Nirvana Island: The Last 47 DAYS), e marcarão o regresso de Shunya Shiraishi (Gantz, Kaiji 2) para o papel de Akira Miyamoto e Ryōhei Suzuki (Kaiji, Gatchaman) como Atsushi Miyamoto. De acordo com a Shochiku, Louis Kurihara irá também fazer parte do elenco.

 

Koe no Katachi quebra o silêncio quanto à Data

 

Para quem não está familiarizado com o conceito de Koe no Katachi (A Silent Voice), de seguida segue-se a sinopse da história do manga original, segundo o Crunchyroll:

Quem me dera que nunca nos tivéssemos conhecido. Quem me dera que nos pudéssemos encontrar mais um vez. Um rapaz que consegue ouvir, Shoya Ishida, e uma aluna de transferência que não consegue Shoko Nishimiya. Um fatídico dia, os dois ‘descobrem-se’, e Shoya lidera a turma no bullying de Shoko. Mas rapidamente, a turma passa a ter como alvo Shoya em vez de Shoko. Anos mais tarde, Shoya sente intensamente que ele tem que ver Shoko novamente. 

 

> Artigos Relacionados: Koe no Katachi

 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.