Kohei Horikoshi x Eiichiro Oda – Entrevista Volume Origin

por Pedro Costa
Kohei Horikoshi x Eiichiro Oda - Entrevista Volume Origin

primeiro milhão de cinéfilos no Japão a ver My Hero Academia: Two Heroes, cuja estreia aconteceu a 3 de agosto, foram presenteados com o livro “volume 0” (volume Origin).

O livro apresenta uma capa desenhada pelo criador do manga original, Kohei Horikoshi, contém uma “coleção de descrição e análise de personagens” para as personagens do manga e as originais que aparecem no filme, assim como, uma entrevista com Horikoshi-sensei e o mestre manga de One Piece, Eiichiro Oda.

E é essa entrevista que hoje trazemos até vós.

 

Kohei Horikoshi x Eiichiro Oda – Entrevista Volume Origin

My Hero Academia THE MOVIE: Futari no Hero - Volume 0 |

 

A tradução desta entrevista é apenas possível graças ao trabalho de Bomber D. Rufi, que a traduziu em Inglês da versão original Japonesa, e a Yonkou Productions que a partilhou no reddit. (Link no final do artigo)

 

O homem que Horikoshi admira – Eiichiro Oda. Em 16 anos, o rapaz agora caminha lado a lado com o seu herói, enquanto “artista serializado”. Que tipo de conversa terão eles agora que estão aqui?

 

Ter uma extrema experiência formativa em manga:

Kohei Horikoshi x Eiichiro Oda - Entrevista Volume Origin

 

Entrevistador (E): No canto de ilustrações Usopp Gallery Pirates no 23º volume de One Piece, foi onde vocês os dois tiveram o primeiro contacto. Horikoshi-sensei, como se sentiu sobre ter o seu trabalho publicado pela primeira vez?

ODA (EO): Esse foi um bom volume. Foi o último de Alabasta, com a famosa cena “Prova de Amizade”.

HORIKOSHI (KH): Fiquei ‘abananado’.

E: Abananado!?

KH: Sim. Eu creio que isso foi quando estava no liceu e descobrir que um dos meus desenhos estava ali na página, fez-me começar a tremer. Ainda estava assim quando mostrei a imagem à minha mãe.

EO: É bom que esteja próximo da sua família. (Risos)

 

E: Quantos desenhos havia contribuído?

KH: Apenas esse.

E: Incrível! O que o fez decidir mandá-lo?

KH: O meu amigo e eu adoramos tanto One Piece que ambos decidimos mandar artwork. Ambos desenhámos coisas incríveis, mas apenas o meu entrou na galeria.

EO: Foi como se tivesse sido aquela a receber a luz verde numa audição de idol. (Risos)

KH: É você que escreve o comentário, Oda-sensei?

EO: Yup, escrevo. Escrevo-o como Usopp.

KH: Estou tão agradecido … ahh, quero dizer, muito feliz.

 

E: Eu penso que é incrível que tenha conseguido com apenas uma submissão. Essa experiência afetou a sua vida como mangaka?

KH: Para ser honesto, eu estava mesmo satisfeito com aquele desenho… (risos).

EO: Oh, numa maneira “A minha arte foi boa o suficiente para ser publicada”?

KH: Não, mais como um “Wow foi publicada! Agora o meu nome estará esculpido em One Piece para a eternidade!!”. Estava totalmente satisfeito com apenas isso.

(risada geral).

EO: Pergunto-me se teria sido melhor se estivesse mais frustrado (risos).

E: Poderia ter ficado mais inspirado se tivesse sido rejeitado?

KH: Não, não, demorou algum tempo mas eu acreditei que deveria levar manga mais a sério.

E: Você quer dizer entre a experiência do sucesso e a sensação real de o fazer?

KH: Certo.

EO: Na altura, social media ainda não se tinha difundido, então não existiam tantas oportunidades para dar às pessoas um local onde pudessem exibir a sua arte. É por isso que a ter impressa me dá uma estranha sensação de felicidade. Até eu gosto de dar tantas oportunidades quanto possível para mostrar a arte das pessoas, na página que eu criei.

 

Kohei Horikoshi x Eiichiro Oda - Entrevista Volume Origin

 

E: Horikoshi-sensei, conseguiu contar a Oda-sensei sobre o artwork em 2015, depois de um bom pedaço de tempo ter passado, certo?

EO: Mesmo antes de “HeroAca” ser serializado, encontramo-nos em festas de Ano Novo, certo? Embora ainda não tivesse tido um “sucesso”, certo?

E: Oda-sensei, nessa altura você estava no 77º volume de One Piece... E você escreveu “Devia ter dito algo mais cedo!” (Risos)

EO: É isso mesmo! Você não deveria ter sido tão reservado!

KH: Eu estava tão envergonhado. Para eu falar sobre algo assim, quando as minhas serializações estavam nas “traseiras” da revista… mesmo que eu tivesse a oportunidade, não me parecia certo.

EO: Estou a ver, essa pode ter sido a decisão acertada. Teria-me ajudado mais a apoiá-lo/animá-lo (cheer) se tivesse um manga a ser serializada (risos). Então falou depois porque já tinha o orgulho de estar a serializar uma manga de sucesso?

KH: Hmmmm….

E: Não deveria estar mais orgulhoso do seu feito? (Risos)

KH: Quando diz orgulho, eu sinto maior embaraço.

 

E: Quaisquer Oda-ismos que tenham sido uma enorme influência para si? Horikoshi-sensei, One Piece influenciou-o de alguma forma?

KH: Como colocar isto… Creio que ter personagens a dizerem coisas que eu sinto naturalmente, é uma influência que retirei de One Piece.

EO: Bem, quando eu inicialmente comecei a serialização, as coisas eram diferentes -uma personagem dizer as coisas que Luffy diz, era visto como embaraço.

KH: Ohh? Mas há a sensação que toda a gente na minha faixa etária estava a escrever assim.

EO: Isso faz-me feliz. Naquela época, eu era muito jovem e parecia que eu me estava a insurgir contra as modas dessa altura. Naquele tempo, era bastante popular o cabelo das raparigas ser entrançado para dentro, então eu fazia o oposto quando desenhava.

E: Então você procedeu fazendo o oposto do oposto?

EO: Não me sentia bem a menos que se destacasse. Na altura, era-me muito dito que a minha arte era realmente estranha, então eu não ousava sonhar que alguém seria influenciado por mim em anos vindouros.

KH: Eu fui influenciado pela forma como as suas personagens têm olhos muito pequenos. Contudo, conseguia desenhar bem e tive imensos problemas… Então, ultimamente, tenho-os estado a desenhar um pouco maiores que antes (risos).

EO: Tenho andado a fazer a mesma coisa (risos).

 

E: Horikoshi-sensei, One Piece influenciou-o em quaisquer outras áreas – tirando o artwork?

KH: Eu adoro o Arlong Arc. Especialmente o momento (entre Luffy e Nami) “Help me…” e “Claro que sim!!” Achei essa parte especialmente cool e queria desenhar um protagonista tipo Luffy. Oh e o capítulo desta semana de One Piece foi loucamente bom.

 

E: Muitas personagens do passado apareceram durante a Reverie, huh?

EO: Foi bastante chocante huh? (Risos). A serialização já dura há tanto tempo que sou capaz de ter personagens que apareceram no passado, reaparecer novamente, mas existem provavelmente muitos leitores da Jump que não conseguem perceber bem o que se está a passar. Se calhar as pessoas que leram por volume estão fortemente familiarizadas com o que está a acontecer, mas aqueles que leram a Jump provavelmente não leram tudo… Então tive que incluir eventos passados para que não perdessem nada.

KH: Huh? Isso acontece?

EO: Surpreendentemente, muitas vezes. Quando não estão a fazer as votações é tipo “Estou tão feliz por esta personagem ser popular!” E depois, quando as desenho as pessoas dizem “Eu não sei quem é este.” (Risos)

KH: Huh!!~

EO: Quando a serialização se alonga, essas coisas acontecem.

 

Imagem retirada do capítulo 908 – The Reverie Begins. Provavelmente o capítulo a que eles fazem referência (senão este talvez o 907).

 

E: Oda-sensei quais são as suas impressões de Horikoshi-sensei?

EO: Como a face da próxima geração de artistas de heróis de grande sucesso.

KH: Não posso acreditar.

EO: A minha filha vai cantar alegremente o tema do anime de “HeroAca” em viagens de autocarro, e deixar toda a gente de bom humor. Em casa ela vai perguntar, “Pai, o teu manga vai ficar bem?”. Ela está muito preocupada com One Piece.

KH: Fico grato por ouvir isso, mas é um pouco… (risos)

EO: Mas estou um pouco preocupado uma vez que se trata de um manga com muitas personagens.

E: Porquê?

EO: Quando há muitas personagens para desenhar torna-se difícil unificar o trabalho como um todo, e devidamente, mas se és capaz de corretamete estabelecer e entender as personagens, então a obra será um sucesso. Pode conduzir a muita ansiedade desnecessária. Mas vou-lhe dizer, sempre fiquei impressionado com as capas dos comics de Horikoshi-sensei. São ótimas e o sentido de estilo está no ponto – e é capaz de conceber umas mesmo muito boas.

KH: Muito obrigado, isso deixa-me ridiculamente feliz.

EO: O que usa para as colorir?

KH: Photoshop.

EO: Oh, então usa computadores?

KH: Sim, mas fiquei um pouco farto de os usar, então, para a capa do volume 18 voltei a usar analógico (pintar à mão), e foi incrivelmente divertido.

EO: Gosta de comics Americanos, não é assim? O seu estilo de arte é influenciado por eles.

KH: Yeah. Li tudo de “Spiderman” e “Deadpool”.

 

E: E então sobre personalidades das personagens?

KH: Ah, para isto Oda-sensei é uma grande influência. Eu pensei para mim mesmo “Quero mesmo desenhar uma personagem animada como o Luffy!!” Mas no final, acabei por desenhar uma personagem nada a ver com ele e mais como eu – um otaku que tem uma queda para sobre-analisar e, no final disso, apenas um pouco de brilho adicionado que se harmoniza em Deku, o protagonista.

 

A relação entre artistas de manga semanal e filmes.

Boku no Hero Academia Filme revela Novo Poster e Detalhes | My Hero Academia THE MOVIE: Futari no Hero revela Vilão | My Hero Academia THE MOVIE: Two Heroes revela Trailer

 

E: Como esteve envolvido neste filme?

KH: Estive envolvido e contribuí na fase de escrita e fiz os designs de personagem finais. Se tivesse mais tempo para tal, teria feito mais.

EO: Se eu dissesse algo assim (risos) seria interminável. Desde o começo, eu disse que a serialização semanal é o mais importante para mim e não queria queria fazer nada que a perturbasse.

KH: O-O meu estômago doeu. Eu sem pensar disse, “Eu quero fazer mais”…

 

E: Este é o primeiro filme de HeroAca. Na altura em que foi confirmado, como se sentiu?

KH: Fiquei verdadeiramente feliz. Pensei que ter um anime confirmado era o pináculo da minha alegria – os meus sonhos tornaram-se realidade. Eu não pensava mesmo que fosse receber mais que isso, então quando disseram que a série iria receber um filme, eu fiquei tipo “A sério?! Não pode ser!!”

EO: Estive presente na exibição na manhã da sua estreia e fiquei comovido por todas as pessoas que estavam alinhadas para o ver.

KH: Estava na audiência…

EO: Mas não fui verdadeiramente capaz de falar com qualquer dos meus leitores ao vivo, lá.

KH: Então eu vou definitivamente ter que fazer isso.

 

Kohei Horikoshi x Eiichiro Oda - Entrevista Volume Origin

 

E: Para terminar, por favor diga algumas palavras aos espectadores do filme.

KH: Vai ser muito divertido para aqueles que não lêem o meu manga e mais divertido ainda para aqueles que o fazem. É o tipo de trabalho que qualquer pessoa pode vir ver e desfrutar. O filme é a única forma de ver uma luta onde o All Might e o Deku combatem lado a lado! Então, por favor, venham e divirtam-se!

 

E: E agora um shout out de ambos.

EO: Vamos continuar a lutar por popularidade na Jump de hoje em diante também!

KH: Claro… ah, não…

EO: Quantos volumes estima que a série terá?

KH: Honestamente, eu pensei que cerca de 30 me parecia bem, mas não tinha estado realmente a contar de todo…

EO: Então aponte para cerca de 50.

KH: Embora… Conseguirei eu fazer dez anos? (Risos).

EO: Em vez de se você conseguir, parece mais que vai acabar por o fazer.

KH: Então, você já tinha decidido quantos volumes teria One Piece desde o início?

EO: Claro. Embora já tenha passado o triplo dos meus cálculos originais.

KH: Isso deve-se ao facto de, enquanto estava a desenhar a série, a quantidade de coisas que queria retratar se ter multiplicado?

EO: Multiplicaram e alargaram-se

KH: Yeah, até para mim o Sports Festival Arc foi cerca de duas vezes mais longo do que tinha originalmente esperado.

EO: É isso que acontece quando muitas personagens se juntam e agem de uma só vez… fica mesmo difícil de prever como as coisas vão correr. Mas desejo-lhe sorte no campo de batalha que é a Jump.

KH: Ah, sim…

EO: E que tal uma resposta adequada com determinação?

KH: Farei o meu melhor para superar até One Piece!!

EO: Eu não vou perder, você sabe.

KH: Ah, eu disse-o (risos). Muito obrigado.

 

Kohei Horikoshi x Eiichiro Oda - Entrevista Volume Origin

 

Fonte: r/BokuNoHeroAcademia – Tradução em Inglês por Bomber D. Rufi e upload por YonkouProductions

 

0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.