SAO Alicization – War of Underworld 2 – Primeiras Impressões

Como esperava por este dia! Nesta altura do campeonato já sabem que sou fã de Sword Art Online. Após um início fraco com Alicization e um explosivo desenrolar em War of Underworld, a segunda parte desta incrível guerra foi adiada. Com isso alguns loucos, incluindo eu, ficaram a desejar por esta temporada, e ela começou com tudo!

 

 

SAO Alicization – War of Underworld 2 – Primeiras Impressões

Não sei dizer se foi uma estratégia boa ou não, mas War of Underworld realizou duas coisas muito diferentes das outras temporadas de Sword Art Online. Primeiro: foi uma temporada sem Kirito, o coitado passou a temporada inteira num estado vegetativo. Segundo: o anime terminou no meio da guerra, no ápice dos acontecimentos. Não aguentei na cadeira quando vi Shinon chegar e o episódio acabar daquela forma.

 

 

Como a temporada passada acabou no seu clímax, esta teve início na mesma cena em que a primeira acabou, não há tempo para respirar! Há somente guerra, sangue, fuga! E um bocado de ecchi, porque não seria Sword Art Online se não houvesse alguma insinuação sexual, correto? Espera… é isso mesmo: de forma, ao meu ver bem estranha, a Leafa foi abusada por tentáculos. Talvez possamos dizer que até foi violada, mas deixarei a cada um observar como quiser. As consequências disto serão vistas mais à frente do anime.

 

 

O que podemos esperar?

Não me vou demorar aqui! War of Underworld 2nd veio para finalizar com chave de ouro este arco. A animação continua ótima e quero deixar um destaque para uma luta que ocorre no segundo episódio: uau! Serão poucos os episódios para muitos acontecimentos então não prevejo uma temporada parada, acredito que teremos batalhas, lutas e ação em todos os episódios!

Quero saber de vocês! O que estão a achar de Alicization? Comentem nas nossas redes sociais!

 

 

 

Artigos Relacionados

Great Pretender – Segunda temporada revela Estreia

Kageki Shoujo!! – Manga listado com Anime em 2021

Hetalia World Stars – Manga recebe Anime em 2021