Anime abandona Horário Nobre no Japão!

por Pedro Costa
Anime abandona Horário Nobre no Japão

O mercado anime mudou significativamente nas últimas décadas. Em anos há muito passados, ver anime durante o horário nobre, ou “horário dourado” (golden time), como é denominado no Japão, era uma actividade familiar para muitas famílias nipónicas.

Mas desenvolvimentos tecnológicos, a maneira como o anime evoluiu como meio e até mesmo alterações demográficas, levaram a que séries anime em horário nobre deixassem de constar no mapa. À data deste outubro (2019), as duas séries restantes em horário nobre, Doraemon e Crayon Shin-chan, serão movidas para os sábados. Com isso, o Japão dirá adeus a anime em horário nobre.

Esta informação vem do Asahi Shinbun, o qual publicou um artigo sobre a situação, este fim-de-semana.

 

Anime abandona Horário Nobre no Japão!

Anime abandona Horário Nobre no Japão

 

No passado, Doraemon e Crayon Shin-chan arrecadaram percentagens de audiências confiáveis na ordem dos dois dígitos, mas hoje em dia, o seu share baixou para 6 a 7%.

Anime fez parte do horário nobre desde o início, com Tetsuwan Atom (Astro Boy) a ser transmitido nos dias de semana à noite a partir de 1964. Em 1979, existiam 18 série anime em horário nobre, com múltiplos shows a competirem uns contra os outros no mesmo horário em diferentes estações televisivas.

Mas, lentamente, vários factores levaram à situação actual. Por um lado, séries como Neon Genesis Evangelion “portaram-se” bem em retransmissões pós-horário nobre, e séries começaram até a serem especificamente concebidas para esse horário, no qual podiam apresentar conteúdo mais adulto.

Entretanto, o número de crianças nascidas no Japão começou a cair, o que significa que séries para famílias com membros mais jovens começaram inevitavelmente a atrair menos espectadores.

Para finalizar, desenvolvimentos tecnológicos em anos recentes, significam que mais espectadores consomem agora anime sem dependeram da transmissão televisiva tradicional.

 

Anime abandona Horário Nobre no Japão

 

O que significa isto para espectadores de anime fora do Japão? Estes não serão afectados directamente pela alteração no horário de transmissão, claro, mas a falta de espectadores jovens no Japão pode significar que:

1) Continuaremos a ver mais séries anime destinadas a um público mais velho;

2) Até mais séries serão feitas com a audiência internacional em mente.

NOTA: Hipóteses postuladas por Matt Schley (autor do artigo na Otaku USA Magazine.

 


Indústria – Artigos Relacionados


 

Fonte: Otaku USA Magazine

 

0 comentário


Loading...

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.