Inertial Drift – Análise

por Roberto Filho
Inertial Drift - Análise

De todos os estilos de videojogo acredito que o de “corrida” foi o estilo que mais passei longe, a não ser que o jogo seja um kart game, como Mario Kart ou Crash Team Racing. Inertial Drift fez-me repensar meus conceitos e dispos-me a jogar outros jogos de corrida! Estão prontos? Peguem os vossos volantes, preparem os cintos, e GO!

 

Inertial Drift – Análise

Inertial Drift ptAnime Edward

 

Inertial Drift posiciona-se como um “twin stick arcade racing” que, em tradução livre e que explica bem o gameplay, seria “corrida arcade com dois analógicos”. Parece confuso? Eu explico.

Quando falamos em jogos de corrida existem dois tipos principais, os simuladores e os arcade. Simuladores são jogos que realmente tentam simular o mais perfeito possível como é dirigir um carro, estes seriam jogos como F1, Gran Turismo e Forza. Arcade são jogos mais casuais, que não focam tanto na realidade, jogos como Need For Speed e BurnOut.

 

Inertial Drift ptAnime anos 90

 

Já entendemos que ID é um jogo que não procura ser coerente quanto à realidade. Além disto, ele é um jogo focado em drift, que é a técnica onde se faz o carro derrapar nas curvas. Por último o “twin stick” indica que o controlo do carro é feito através dos dois analógicos. Desta foram, Inetial Drift é um jogo de corrida casual, onde usamos os dois analógicos para realizar drifts com o carro. Ele vende-se assim, e é exatamente isto!

 

Inertial Drift ptAnime Gameplay

 

O mundo das corridas de rua

Há um modo história no jogo, que serve como um grande tutorial, nele podemos jogar com quatro personagens. Cada um deles representa um nível de dificuldade. A dificuldade refere-se à complexidade do controlo do carro durante as manobras, caso o carro seja mais ou menos sensível. Do mais fácil para o mais difícil temos: Edward, Ada, Ibba e Viv.

 

Inertial Drift ptAnime Ibba

 

No total o jogo conta com 16 carros, cada um deles com características próprias de controle. Há diversos modos de corrida, entre eles: corrida 1×1, corrida contra fantasma, time attack e style. O modelo mais diferenciado é o style, ou estilo, onde a pontuação é feita não em quem chega antes, mas sim que realiza mais drifts ou mais manobras.

 

Inertial Drift ptAnime Style

 

Inertial Drift – Análise – Estética anos 90

O visual do jogo é muito bom, com um gráfico cel-shaded, cores e ambientação inspiradas nos anos 90 com um toque de “new wave“. Realmente uma ambientação única que combina estilo com gameplay! Durante a corrida, nos momentos mais rápidos, há leves demoras de renderização, mas nada que afete a experiência, ou que saia como ponto negativo.

 

Inertial Drift ptAnime noturno -Inertial Drift - Análise

 

É nítida a inspiração que Inertial Drift tira de Initial D, anime sobre drifts que foi muito famoso nos anos 90.  Para mim todo o jogo está muito coeso, estética bonita, gameplay responsivo e um ótimo grau de desafio. Para quem gosta de fazer somente a história principal, pode ser pouco conteúdo, mas para quem gosta de competitivo e rankings Inertial Drift é um prato cheio!

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.