Masahiro Sakurai fala do impacto do Covid-19 na industria de jogos no Japão

por Pedro Sanches
Masahiro Sakurai nem Doente abranda Ritmo de Trabalho

Masahiro Sakurai, criador da franquia de jogos da Nintendo Super Smash Bros., dedicou a sua mais recente publicação na Weekly Famitsu ao assunto do momento: o coronavírus e a como as medidas de contenção estão a afetar a indústria de jogos no Japão.

 

Masahiro Sakurai fala do impacto do Covid-19 na industria de jogos no Japão

Masahiro Sakurai imagem covid19 super smash bros ultimate

 

Logo nos primeiros parágrafos da sua publicação e, com o intuito de apresentar as suas opiniões e preocupações como cidadão devidamente informado da atual situação, Sakurai mencionou um conjunto de dados estatísticos e factos que incluíam a quantidade de mortes globais, o estado de emergência declarado pela Prefeitura de Hokkaido, o esgotamento do stock de máscaras e papel higiénico no Japão e o cancelamento de programação cultural e outros eventos, tanto a nível nacional como internacional.

Apesar do facto do Covid-19 estar a ter um forte impacto na cultura mundial, e isso ser extremamente negativo, Sakurai realça as dificuldades acrescidas que a indústria de desenvolvimento de jogos está a ter.

 

“Este é um trabalho altamente confidencial e, como as pessoas não podem levá-lo para casa e trazer consigo materiais de desenvolvimento, honestamente, o trabalho não pode progredir”.

 

O principal medo dos profissionais é que os conteúdos sobre os seus próximos jogos, ainda em desenvolvimento, se tornem vulneráveis ​​à possibilidade de serem mostrados a público antes do tempo. Mas essa não é a única dificuldade originada pela propagação do vírus que afeta o desenvolvimento de jogos no Japão. Sakurai explica:

 

“Coisas como viagens de negócios estão restritas. Em particular, viagens de negócios para lugares mais distantes foram canceladas. Por exemplo, a Nintendo [sede] fica em Kyoto.”

 

Sakurai está sediado em Tokyo e, enquanto Kyoto fica a cerca de duas horas de comboio, ao que parece esse tipo de viagem está suspenso.

 

“Da mesma forma, visitar outras empresas tornou-se difícil. Para mim, pessoalmente, eu tinha agendado fazer uma apresentação numa editora sobre um novo lutador [Super Smash Bros. Ultimate], mas não era possível reunir as pessoas necessárias, então foi adiado indefinidamente “.

 

Depois, existe a preocupação com o que aconteceria se um membro da equipa tivesse o novo coronavírus.

 

“Além disso, se alguém no escritório for encontrado infetado com o vírus, eu presumo que todo o edifício precisaria ser fechado e o desenvolvimento do jogo cessaria”.

 

Tudo isso tem um efeito indireto, impactando toda a indústria de jogos e o processo de desenvolvimento.

 

“Mesmo que anunciemos um novo lutador, há uma alta probabilidade de que o desenvolvimento não possa progredir conforme o planeado.”

 

“O novo coronavírus lançou uma grande sombra sobre o desenvolvimento de jogos”, escreveu Sakurai, acrescentando que atrasos e cancelamentos serão inevitáveis ​​e que as empresas irão abrandar ou até mesmo parar indefinidamente o desenvolvimento dos seus projetos. Sakurai não tem qualquer dúvida de que os efeitos poderão ser sentidos nas próximas semanas e meses.

 


Artigos relacionados:


 

Fonte: Kotaku

 

0 comentário


Loading...

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.