A diferença de idades começa a pesar… | KoiKimo Episódio 9

por Raquel Cupertino
A diferença de idades começa a pesar... | KoiKimo Episódio 9

Como referi na última análise, Koikimo encontra-se em velocidade cruzeiro na sua adaptação à manga original. Claramente que pretendem cobrir todo o material fonte e não poupam aos pormenores. Resumindo, acabamos por ter um dois em um neste episódio 9.

 


Podes consultar AQUI todas as opiniões semanais de KoiKimo


 

KoiKimo Episódio 9

Ichika já se apercebeu dos seus sentimentos por Ryou – finalmente! – e está pronta a dar a sua resposta definitiva a Tamaru. Rejeitar um amigo é per se difícil, consigo empatizar bastante com a nossa protagonista. Está em risco uma amizade, verdade seja dita: nunca mais vai ser a mesma coisa e, para piorar, Tamaru não pretende deixar de gostar de Ichika de um dia para o outro…

 

A diferença de idades começa a pesar... | KoiKimo Episódio 9

 

Gostei muito de como este episódio demonstrou o constrangimento, a awkwardness, entre os dois jovens. Claro que depois é difícil agir de forma “natural”, afinal o que é agir normal quando as coisas estão diferentes?! Para piorar toda a cena, Ichika não contou nada a Rio…

Essa parte admito que não percebi bem, se não contou antes de falar com Tamaru, ok, percebo, mas depois? Pelo que compreendi, ela quis respeitar Tamaru. São os sentimentos dele, foi ele que levou um fora. Contudo, e dado que são as melhores amigas, claramente não foi a melhor decisão, afinal Rio resolveu fácil todo o constrangimento entre os três.

 

KoiKimo Episódio 9 Ichika, Rio e Tamaru

 

Tamaru – O best boy

Continuo a afirmar que Tamaru é o Best Boy do anime e não é, de todo, pela sua personalidade afável. Com personalidade forte, que sabe o que quer, ele é tudo menos aquele personagem secundário pseudo-rival amoroso. Ele faz frente a Ryou!!

Gostei tanto de vê-lo a colocar o “adulto” no sítio. Ryou tem um pouco a “mania” de que é muito adulto, muito melhor que Tamaru, mas não é a idade um factor determinante para a maturidade, e Tamaru demonstra bem isso. Apesar da diferença de idades, o desportivismo e o respeito com que Tamaru lidou com toda a situação com Ichika dá uma abada a Ryou que, na primeira hipótese, espeta na cara do mais novo o quão “mais velho” é.

 

Koi to Yobu ni wa Kimochi Warui confronto Tamaru e Ryou

 

Arie saída da casca

Agora falando de Arie, posso dizer que surpreendeu-me muito ao longo do episódio. Além de ter a iniciativa para marcar um date – atenção que no Japão isto é um grande passo – ainda teve a coragem de se declarar e, de seguida, falar sem pudor sobre os seus sentimentos, expectativas, e sobre a paixão de Ryou…

O final deixou-me boquiaberta pelo bom e mau sentido. Ela foi extremamente racional, verdade seja dita, e gostei disso, apenas estragou quanto proferiu aquela frase final do “não posso ser eu?”. Deu-me um pouco comichão porque:

  1. Minimizou o amor de Ryou pela “estudante de secundário”;
  2. Mendigou o amor de Ryou.

Esses dois pontos para mim foram fatais para pensar que afinal já não seria tão bom partido para o Ryou…

E foi esta a minha reflexão sobre Koikimo episódio 9! E vocês, o que estão a achar? Deixem tudo nos comentários!

 

0 comentário


Também deverás gostar de