BlazBlue Cross Tag Battle – Análise (PlayStation 4)

por Rúben Pereira
BlazBlue Cross Tag Battle - Análise (PlayStation 4)

Feito a pensar mais nos fãs ocidentais, a Arc System Works lançou BlazBlue: Cross Tag Battle como uma surpresa nas consolas PlayStation 4, Nintendo Switch e PC via Steam, no dia 31 de maio de 2018 no japão e mais tarde nos dias 5 e 22 de junho do mesmo ano para o resto do mundo.

Mais conhecido como BBTAG, o jogo seria rapidamente esquecido por toda a comunidade dos jogos de luta até a sua Season 2.0 ser lançada no dia 21 de novembro de 2019, onde receberia muitas mais personagens.

Podem usar os nossos links para comprar o jogo para a Nintendo Switch ou para a Steam.

Antes da análise começar, queria agradecer à PQube por nos ter disponibilizado o jogo com o Season Pass 1.

Mas por agora… Can’t escape from crossing fate! Fight!

 

BlazBlue Cross Tag Battle – Análise (PlayStation 4)

 

 Jogabilidade

BlazBlue Cross Tag Battle - Ruby contra Ragna

 

BBTAG é um jogo tag de luta 2D com personagens de várias franquias que foram desenvolvidas ou produzidas pela Arc System Works. Estas séries incluíam inicialmente BlazBlue, Persona 4 Arena, Under Night In-Birth e um convidado inesperado, a série 3D de sucesso na internet, RWBY.

Mais tarde na Season 2.0 foram adicionadas personagens das franquias Arcana Heart, Senran Kagura e Akatsuki En-Eins.

 

BlazBlue Cross Tag Battle - Escolha das Personagens

 

Todo o trabalho de design e arte foram da responsabilidade de Higuchi Konomi, mais conhecido por ser o designer de personagens na série de light novels da Arc System Works, a série XBlaze (que coincidentemente, acontece 150 anos antes dos eventos de BlazBlue, num universo paralelo).

O jogo é disputado em lutas de dois contra dois, sendo possível trocar com a segunda personagem ou usá-la como assist. Ambas as personagens têm uma barra de vida própria e a ronda acaba quando ambas as personagens estiverem KO.

 

Mecânicas

BlazBlue Cross Tag Battle - Jin contra Ruby

 

A jogabilidade do jogo é bastante diferente de qualquer um dos jogos envolvidos, mas mantém ainda o esquema de 5 botões.

Os 5 botões são os botões A e B (golpes fracos e fortes, respetivamente), botão C (Crash Assault/Sweep que funciona de forma parecida com o ataque Dust de Guilty Gear), botão D (Tag) e o botão P (Partner Skill).

Dependendo se o jogador pressiona para trás, frente ou em direção nenhuma enquanto clica no botão P, o assist fará um move diferente. Estes mesmos assists não são invulneráveis, podendo sofrer dano, mas ficam invencíveis após desferir o seu move enquanto retrocedem.

 

 

BlazBlue Cross Tag Battle Ragna contra Yu

 

O jogo também conta com dois tipos de auto combos, denominados no jogo como Smart Combos. Basta o jogador pressionar repetidamente no botão A ou no B que o seu personagem irá desferir um combo simples automaticamente (também funciona no ar). Certos golpes de personagens só podem ser usados dentro dos Smart Combos, como o antigo move do Ragna Forward-Forward-C que agora só pode ser usado a partir do Smart Combo BBB.

Neste jogo, a corrida também é automática, descartando assim o duplo input rápido para se o fazer. A única exceção a este caso é o Tager que não tem uma running animation, só dashes.

Também existem as mecânicas Cross que implementam as duas personagens ao mesmo tempo, mas aconselho a experienciá-las dentro do jogo ao invés de ler sobre elas.

Para ser completamente honesto, eu gosto bastante da ideia do jogo e de todo o crossover das personagens que até têm certos diálogos para com personagens específicas, partilhando ou não o mesmo jogo. No entanto, o jogo é demasiado simples e torna-se muito aborrecido muito rápido.

A falta de skill gap no jogo torna este um lançamento muito esperado que se ficou pelas boas ideias e não como as executar corretamente.

 

Lista completa das 53 personagens do jogo

BlazBlue Cross Tag Battle - Lista de personagens

 

Lançamento Base

BlazBlue:

  • Ragna the Bloodedge
  • Jin Kisaragi
  • Noel Vermillion
  • Rachel Alucard
  • Iron Tager
  • ν-No.13-
  • Hazama
  • Makoto Nanaya
  • Azrael
  • Es

Persona 4 Arena:

  • Yu Narukami / Izanagi
  • Yosuke Hanamura / Jiraiya
  • Chie Satonaka / Tomoe
  • Yukiko Amagi / Konohana Sakuya

Under Night In-Birth:

  • Hyde
  • Linne
  • Waldstein
  • Gordeau

RWBY:

  • Ruby Rose
  • Weiss Schnee

 

Season Pass 1.0

 

BlazBlue:

  • Hakumen
  • Platinum the Trinity
  • Izayoi
  • Nine the Phantom
  • Mai Natsume
  • Jubei

Persona 4 Arena:

  • Kanji Tatsumi / Take-Mikazuchi
  • Naoto Shirogane / Sukuna-Hikona
  • Mitsuru Kirijo / Artemisia
  • Akihiko Sanada / Caesar
  • Aegis / Athena
  • Labrys / Ariadne

Under Night In-Birth:

  • Carmine
  • Orie
  • Merkava
  • Vatista
  • Yuzuriha
  • Mika

RWBY:

  • Blake Belladonna
  • Yang Xiao Long

 

Season Pass 2.0

 

BlazBlue:

  • Celica A. Mercury
  • Naoto Kurogane
  • Susanoo

Persona 4 Arena:

  • Teddie / Kintoki-Douji
  • Elizabeth / Thanatos
  • Tohru Adachi / Magatsu-Izanagi

Under Night In-Birth:

  • Seth
  • Hilda

RWBY:

  • Neo Politan

Arcana Heart:

  • Heart Aino

Senran Kagura:

  • Yumi

Akatsuki Blitzkampf / Akatsuki En-Eins Perfektewelt:

  • Akatsuki
  • Blitztank

 

Online

BlazBlue Cross Tag Battle - Rollback Netcode

 

Este é capaz de ser o online mais simples da Arc System Works que analisei até agora. É tão direto como “escolher sala – jogar”, o que para mim é tão bom!

O problema é que com a simplicidade do jogo e falta de profundidade, o jogo acabou por morrer muito rápido, sendo agora só possível jogar online se planearem com um amigo.

Pode ser que agora em 2022 com a futura implementação de rollback netcode no jogo, os lobbies voltem a ganhar vida.

Não há muito mais para dizer sobre isto, infelizmente… O jogo é bom, mas não tem nada que me agarre a ele e que me faça querer voltar muito rápido.

 

Juízo Final | BlazBlue Cross Tag Battle – Análise (PlayStation 4)

Um jogo para a piada e nada mais que isso. Sinto que lhe faltou muita ambição para ser um jogo competitivo e acabou por nem ser casualmente jogado.

Uma chama que tentou arder mais do que o necessário e acabou por apagar muito rápido.

 

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.