Criador de Golden Boy afirma que criador de GTO o Plagiou!

por João Simões
Criador de Golden Boy afirma que criador de GTO o Plagiou! Manga

O mangaka Tatsuya Egawa (Golden Boy, Tokyo University Story) apareceu num programa televisivo japonês – Otona no Yoru no Wide Show Barairo Dandy (Adult Night Wide Show Rose-Colored Dandy) – no qual abordou uns temas bastantes controversos. Egawa afirma que o manga de Tohru Fujisawa, GTO, plagiou a sua obra de estreia. Acrescentou que Fujisawa foi discípulo dele durante os tempos da Weekly Magazine, que Fujisawa veio como um espião da indústria e acabava por ouvir imensas coisas com atenção e depois desaparecia durante algum tempo.

GTO é claramente um rip-off do meu trabalho de estreia “Be Free!”. Da última vez que nos encontramos ele mesmo admitiu que me tinha plagiado. Mas acho que isso tudo não tem problema, afinal ele foi um discípulo meu.

 

 

O manga Be Free! centra-se no jovem professor de matemática Akira Sasanishiki, que tem um estilo completamente calmo e fora do convencional. Sasanishiki tem a tendência de ir contra as regras da escola no que diz respeito à sua comunicação para com os estudantes bem como na educação que lhes dá. Ele é extremamente popular entre os estudantes, mas devido à considerada fraca qualidade de aulas lecionadas, a escola concede-lhe sempre uma avaliação negativa.

 

 

O manga de GTO centra-se em Eikichi Onizuka, um rapaz de 22 anos ex-motoqueiro. Ele é rude, demasiado confiante, e tem um temperamento quase inexistente. Ele tem como objetivo tornar-se o melhor professor de secundário do mundo. Mas antes tem que se tornar professor e, para tal, tem que estudar e obter as credenciais necessárias. Ele entrou a pensar que era o mais forte em toda a escola, mas quando lá chega vê um local preenchido por pessoas que pensam como ele, bullies, chantagistas, sádicos, etc.

 


A Tokyopop e a Vertical editaram os vários volumes de GTO no ocidente.


 

Be Free! inspirou um filme live-action em 1986. GTO inspirou vários spin-offs, adaptação a anime em 1999, bem como algumas séries em live-action.

 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.