Filmes Japoneses presentes no 72º Cannes Film Festival

por Usagi Wright
Filmes Japoneses presentes no 72º Cannes Film Festival

O 72º Cannes Film Festival está quase a chegar, decorrendo de 14 a 25 de maio, sendo que já há algumas semanas foi anunciado o programa principal.

Existem cerca de 47 celebridades no festival com nomes conhecidos como: Quentin Tarantino (Pulp Fiction), Jim Jarmusch (Paterson, Ghost Dog), Ken Loach (Kes) e Pedro Almodovar (The Skin I Live In), juntamente com um ligeiro aumento em diretores mulheres – Jessica Hausner e Mati Diop são os nomes a quem devemos estar atentos – para além de todo o panorama asiático que se deve conhecer.

Nomes asiáticos proeminentes são os diretores sul-coreanos Bong Joon-ho e o Lee Won-tae e ainda o diretor chinês Diao Yinan.

 


Ver também: 2 Filmes Coreanos presentes no 72º Cannes Film Festival


 

 

Filmes Japoneses presentes no 72º Cannes Film Festival

 

First Love (初恋 – Hatsukoi)

first love takashi miike filmes japoneses no 72 cannes

 

Data de lançamento: 2020

Tempo: 108 mins.

Diretor: Takashi Miike

Escritor: Masaru Nakamura (Guião)

Atores: Becky, Masataka Kubota, Jun Murakami, Nao Omori, Sakurako Konishi, Sansei Shiomi, Seiyo Uchino, Shota Sometani

Sinopse: Acontecendo numa noite em Tóquio, seguimos Leo, um jovem boxeador deixado à sua sorte quando ele conhece o seu “primeiro amor” Monica, uma acompanhante e um viciado, mas ainda um inocente. Mal sabe Leo sobre a situação, a Monica é involuntariamente envolvida num esquema de contrabando de drogas e os dois são perseguidos durante a noite por um policia corrupto, um yakuza, o seu “Nêmesis” e uma assassina enviada pelas tríades chinesas. Todos os destinos se entrelaçam no espetacular estilo de Miike, na sua forma mais anárquica e divertida.

Página do Festival: Ver aqui

 

The White Snake Enchantress (白蛇伝 – Hakujaden)

The White Snake Enchantress toei filmes japoneses no 72 cannes

 

Data de lançamento: 22 de outubro de 1958

Tempo: 78 mins.

Diretor: Taiji Yabushita

Escritor: Shin Uehara, Taiji Yabushita e Seiichi Yashiro (Guião)

Seiyuu: Hisaya Morishige, Mariko Miyagi

Produção de Animação: Toei Animation

Sinopse: Quando era mais novo, Xu-Xian é forçado a libertar o seu animal de estimação, uma pequena cobra. Sem o conhecimento dele, a cobra é na verdade uma jovem deusa cobra chamada Bai-Niang que está apaixonada por ele. Muitos anos depois, quando ambos são adultos, a princesa é magicamente transformada em humana e sai à procura do seu amor. Mas o bruxo local acredita que ela seja uma vampira e expulsa Xu-Xian da vila para salvá-lo. Os pandas de estimação do Xu-Xia, Panda e Mimi, decidiram salvá-lo e trazê-lo de volta, tornando-se líderes de um gangue de animais.

Secção Clássicos Cannes: Ver aqui

 

Esta é a primeira longa-metragem de animação a cores e recebeu um trabalho de digitalização e restauração em 4K da Toei Animation Company e do Arquivo Nacional do Japão em celebração do 100º aniversário do nascimento da animação japonesa e do 60º aniversário do lançamento original do filme. Apenas dois seiyuus foram escolhidos para o filme.

O negativo original, 35mm de impressão, materiais de fita e animação foram os utilizados pela Toei Lab Tech e Toei Digital Center para produzir os dados restaurados que estão em 2K.

 

 


Artigos relacionados

Parasite – Novo Filme de Bong será lançado dia 30 de Maio

Filme Mirai vence Prémio no Stuttgart Animated Film Festival

2 Filmes Coreanos presentes no 72º Cannes Film Festival


 

Fonte: Genkinahito

 

Comentários via Facebook
0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.