Harvest Moon One World – Análise

por Bruno Sales
Harvest Moon One World - Análise ao jogo

Mergulha na mais recente iteração do estúdio Natsume na popular franquia de simulação, Harvest Moon. Em Harvest Moon One World o jogador poderá começar uma nova vida num fantástico mundo cheio de aventuras por explorar, enquanto gere uma fazenda móvel em constante expansão.

 

Harvest Moon One World
Plataformas Nintendo Switch, Playstation 4, Xbox One
Publicadora Natsume, Rising Star Games
Desenvolvedora Natsume
Género RPG ,Simulador
Data de Lançamento 5 de Março de 2021

 

Graças à Nintendo Portugal vamos assim poder analisar e dar-vos a conhecer o mais recente jogo Harvest Moon One World.

 

Harvest Moon One World – Análise ao jogo

Harvest Moon sempre foi a franquia de simuladores de fazendas mais conhecida no ocidente e, embora este género nunca tenha alcançado um enorme sucesso, o nome desta franquia consegue ser reconhecido por todos.

Ao abrir pela primeira vez esta nova iteração da franquia na minha Nintendo Switch veio-me lembranças de jogar e ver os meus amigos jogarem os clássicos Harvest Moon, que se divergiu mais tarde em duas diferentes franquias.

 

Harvest Moon One World - Análise

Harvest Moon One World – Análise

 

Em primeira análise, o jogo é bastante simples e com uma história fácil de entender para jogadores de qualquer idade. Esta simplicidade do jogo também é visível nos gráficos e designs escolhidos, que relembram os RPGs clássicos da Nintendo DS e Gameboy Advance mas em 3D e alta definição.

Embora o jogo apresente gráficos bastante simples, a otimização do mesmo deixa bastante a desejar, o que na minha opinião é bastante estranho sendo que vemos jogos muito mais exigentes a correr sem problemas na Nintendo Switch. Durante o jogo é possível ver modelos 3D a carregarem a nossa frente, drops de FPS e vários minutos de loading screen até o jogo começar.

Estes problemas de otimização podem vir a ser corrigidos com uma atualização futura e de maneira alguma os mesmos afetam a experiência e diversão oferecida pelo jogo.

 

História e Mecânicas

Em Harvest Moon One World partimos numa viagem à procura de novos ingredientes enquanto ajudamos a salvar o mundo ao reviver as Deusas da Colheita adormecidas nas várias regiões.

Explorar e ajudar a salvar o mundo não seria possível sem a ajuda do Dr. Jr., o qual construiu uma quinta móvel que podemos transportar de lugar em lugar enquanto viajamos. Esta mecânica implementada ajuda o jogador a experienciar e a explorar várias zonas e biomas completamente distintos enquanto melhora e cuida da sua fazenda.

 

Harvest Moon One World - Análise ao jogo

 

O jogo apresenta ainda outras mecânicas importantes ao desenvolvimento da história, tais como a existência de tempo e a possibilidade de criar amizades com as pessoas que conhecemos ao longo da aventura.

Enquanto exploramos e ajudamos as pessoas ao longo do ano vamos conhecendo aos poucos as suas histórias e criando relações profundas com as mesmas.

 

Harvest Moon One World - Análise

 

O enredo do jogo como já deu para notar é bastante simples e vai sendo construído aos poucos sem grandes atribulações, tal como o dia a dia das pessoas que vivem em zonas rurais. Na minha opinião, Harvest Moon One world consegue assim oferecer ao jogador a experiência “Slice of Life” calma e rural esperada deste género de jogo.

 

Cultivação

Um dos aspetos mais importantes do jogo são a cultivação e o dia a dia na nossa fazenda a cuidar dos animais. As mecânicas presentes neste jogo são as esperadas de se encontrar num jogo deste género sendo muito parecido aos seus antecessores e jogos rivais.

Porém, One World destaca-se por oferecer uma mecânica única ao possibilitar transportar a fazenda para outros locais completamente diferentes, o que proporciona uma maior variedade de vegetais para plantar, animais para cuidar e climas que podem afetar de maneira diferente a cultivação.

 

Harvest Moon One World - Análise ao jogo

 

Harvest Moon One World – Juízo Final

Harvest Moon One World não é um jogo perfeito e poderia ter sido mais inovador para se destacar dos jogos concorrentes. Porém, o jogo consegue oferecer a experiência prometida e esperada deste género pelos fãs da franquia.

A sua simplicidade e enredo fácil de acompanhar tornam este jogo ideal não só para os mais novos, mas como para os jogadores que procuram uma viagem de nostalgia da geração do Gameboy Advance e Nintendo DS onde este género de jogos teve o seu pico de popularidade.

 

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.