Mangaka-san to Assistant-san to The Animation | Análise

por João Simões
Mangaka-san to Assistant-san to The Animation
"Mangaka-san to Assistant-san to" surge na temporada da primavera de 2014 como adaptação da manga de mesmo nome. A manga criada por Hiroyuki, não possui um lugar em tops ou algo do género, no entanto marca pelo seu humor agradável que é apreciado por um vasto público sempre em crescimento.…

Mangaka-san to Assistant-san to The Animation

Enredo - 6
Personagens - 5
Produção Visual - 5.9
Banda Sonora - 5.5

5.6

Razoável

Pontos Fracos: Muitas das linhas originais perderam força através do investimento na repetição.

Pontos Fortes: Comédia proveniente das peripécias da personagem principal.

Avaliação dos Leitores do ptAnime: Sê o primeiro!
6

“Mangaka-san to Assistant-san to” surge na temporada da primavera de 2014 como adaptação da manga de mesmo nome. A manga criada por Hiroyuki, não possui um lugar em tops ou algo do género, no entanto marca pelo seu humor agradável que é apreciado por um vasto público sempre em crescimento.

É estruturada por episódios de capítulos curtos, o que fez com que a sua adaptação fosse transformada em algo semelhante. Deste modo, a animação é formada por 12 episódios com 13 minutos de duração, onde cada um possui três pequenas histórias.

 

Mangaka-san to Assistant-san to The Animation | Sinopse

A história segue a vida de Aito Yuuki como Mangaka e da sua assistente Ashisu Sahoto. Por norma Ashisu seguiria o padrão de assistente e ajudaria o seu superior apenas no desenho, no entanto isso não acontece. Esta tem que lidar com os pedidos constantemente estranhos de Aito que possuem por vezes uma natureza um pouco constrangedora para Ashisu. Como por exemplo, pedir para lhe tocar no peito para estar apto a melhor descrever esta ação no seu manga. No entanto, percorre outro de tipo de questões até bem relevantes para o desenvolvimento das personagens que Aito cria, como por exemplo, tentar entender a perspetiva feminina ou os sentimentos das suas personagens.

 

Mangaka-san to Assistant-san to The Animation

 

Mas afinal não é um anime sobre o processo de produção de uma manga?

Não, infelizmente não o é. Eu não conhecia a obra original nem tinha lido qualquer tipo de sinopse no momento de estreia da obra, pelo que acabei com as poucas expectativas completamente aniquiladas. Não se deixem enganar pelo título, esta obra é um harem com elementos muito subtis ecchi, que por acaso roça as temáticas de uma forma muito leviana e por vezes enganadora do processo de produção de uma manga. Um dos pontos que mais retiram a credibilidade a esta obra é a idade das personagens que constituem a narrativa. A editora do Aito, Mihari, possui a idade dele e preenche o lugar de tsundere do grupo. Uma das assistentes dele parece uma criança, Sena, que desempenha o papel subtil de “sado-maso”. Mas a mais surpreendente é a editora-chefe, Minano, ocupa o cargo máximo na editora e é apenas uma criança. Penso que isto chega para mostrar a incoerência do universo criado no que diz respeito à produção de manga pelo que a minha análise a este respeito fica por aqui.

 

Mangaka-san to Assistant-san to The Animation

 

Deixando isto de lado, porque afinal não é um anime sobre manga, Mangaka-san to Assistant-san to revela-se uma comédia surpreendentemente boa. O harem é cansativo, os elementos ecchi são repetitivos e o enredo pouco ou nada tem de original. Contudo, Aito (o salvador da obra) como personagem está bastante coeso, bem desenvolvido e usado de forma bem inteligente. A personagem em si aliada ao excelente voice acting do Yoshitsugu Matsuoka (que deverão conhecê-lo do seu mais recente trabalho em No Game No Life), criaram excelentes momentos de comédia que têm génese em peripécias originais, ou apenas na personalidade dele, nas expressões e como este lida com as mais diversas situações ou até pelos pequenos pormenores que Matsuoka consegue recriar com a voz.

 

Mangaka-san to Assistant-san to The Animation

Aito Yuuki

 

A nível técnico, o desenho e animação são bastante padronizados tendo em conta o visual comum contemporâneo, mas não deixa de ter elementos com nível consideravelmente superior em certas ocasiões, principalmente em situações de comédia. Os pontos positivos vão indubitavelmente para os pormenores das expressões e para a gesticulação corporal que ajudam a manter o bom nível da comédia, bem como a criar novas situações de teor humorístico. O som faz o seu trabalho, a banda sonora tem algumas faixas interessantes e o opening é relativamente agradável.

 

Mangaka-san to Assistant-san to The Animation

 

Mangaka-san to Assistant-san to The Animation | Juízo Final

Em suma, o anime não tem uma linha de história nem um objetivo final, portanto não esperem algo brilhante e coeso a nível narrativo. O visual como disse em cima, é padronizado logo não é aqui que vão encontrar o vosso chamariz.

Se gostam de elementos harem e ecchi ligados a uma boa comédia, e estes três elementos forem suficientes para que fiquem satisfeitos com o total de uma obra, então com certeza que também sairão mais que satisfeitos com esta pequena e leve animação. Em contrapartida, se gostarem de harem, ecchi e comédia, mas não conseguem ver um anime com um enredo vazio e com fraco desenvolvimento de personagens, então não vos aconselharia a visualizar Mangaka-san to Assistant-san to The Animation.

 

Trailer Mangaka-san to Assistant-san to The Animation

https://www.youtube.com/watch?v=IBO5oOcQQl0

 

0 comentário

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.