Em Caso de Emergência – Guia do Gaijin para o Japão

por Inês Marques
Guia do Gaijin Para o Japão

Nunca se sabe o que pode acontecer durante uma viagem, especialmente num sítio tão diferente e culturalmente pouco familiar ao nosso! Por isso, é sempre bom ter a jeito algumas informações e contactos importantes em caso de urgência.

Os números nacionais de emergência são o 110 para a polícia e o 119 para os bombeiros. Contudo, não se pode garantir que a pessoa do outro lado da linha saiba falar outra língua que não o japonês, especialmente fora de grandes cidades como a capital Tóquio. Se não souberem falar nem estiverem com alguém que saiba falar japonês, ao contactar o serviço de emergência falem o mais simples e claramente possível em inglês. O site do departamento de bombeiros de Tóquio disponibiliza guias em várias línguas sobre o que fazer em diferentes situações, desde como realizar uma chamada para o 119 até o que fazer em caso de sismo.

 

ambulancia japonesa

Aspecto das ambulâncias japonesas.

 

Existem também outros serviços destinados a acompanhar cidadãos estrangeiros, como o do Japan Healthcare Info que ajuda estrangeiros a encontrar acompanhamento médico em inglês, e também oferece informações acerca do sistema de saúde japonês. Recentemente, 28 hospitais japoneses foram seleccionados pelo Governo japonês como “foreign friendly”, ou seja, que melhor apoio davam a estrangeiros. Estes podem ser consultados aqui.

Caso se percam e não consigam encontrar o sítio onde estão alojados, tentem localizar o posto da polícia mais próximo e pedir indicações. Como já dissemos, é sempre conveniente terem convosco a morada ou contacto do vosso hotel ou casa para qualquer eventualidade!

 

cartao alergias alimentares

Exemplo de cartão de alergia alimentar do site justhungry.com. O espaço em branco pode ser preenchido com o conteúdo apropriado.

 

Se tiverem alguma alergia alimentar, uma boa ideia é terem convosco um cartão que indique exactamente isso. Podem fazer download grátis desse tipo de cartão neste site (“Just Hungry”), ou então neste site (“Broker Fish” – também tem versão para emergências). Quando estiverem num restaurante ou a comprar comida num supermercado, apresentem-no à pessoa que vos estiver a atender e assim já ficam a saber que não devem usar esse ingrediente na vossa comida, ou podem sugerir-vos outro prato que não o contenha.

 


Artigo anterior || Voltar ao Índice || Próximo artigo


0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.