Estúdio Gokumi revela Toji no Miko | Anime Original

por António Costa
Toji no Miko Anime - Terceiro Vídeo Promocional

O estúdio Gokumi (Seiren, Yuki Yuna is a Hero, Pandora in the Crimson Shell: Ghost Urn) abriu um site para revelar uma anime original chamada Toji no Miko (As Sacerdotisas Espadachins). Não revelou o formato da anime, mas lista um membro da equipa de produção como responsável por “composição da série” que tipicamente só apareceu em séries, tanto para televisão como para online. O estúdio também abriu uma conta de Twitter para a anime.

 

Estúdio Gokumi revela Toji no Miko

Estúdio Gokumi revela Toji no Miko Poster

 

O Koudai Kakimoto (realizador de unidade nas animes Cyborg 009 Call of Justice, Haikyu!! e Psycho-Pass) vai realizar a série. Tatsuya Takahashi (The IDOLM@STER Cinderella Girls, Pandora in the Crimson Shell: Ghost Urn, Eromanga Sensei) vai lidar a composição da série e o Yoshinori Shizuma (o ilustrador da light novel Zero Kara Hajimeru Mahō no Sho) vai tratar do design das personagens. A GENCO vai produzir a série.

 

Sinopse

Há já muitos séculos que Sacerdotisas que utilizam espadas exorcizam “Aratamas”, criaturas estranhas que ameaçam o mundo humano. Estas jovens, vestidas com uniformes escolares e armadas com uma espada, chamam-se “Toji” e servem como um unidade oficial dentro da força da polícia como “um serviço policial para eventos religiosos especiais”. O governo autoriza que as Toji possam estar armadas e sirvam como oficiais do governo, estudando em cinco escolas especiais espalhadas pelo país. As raparigas vivem vidas escolares típicas, enquanto realizam os seus deveres e utilizam os seus poderes e habilidades para proteger a população. Quando a primavera chega, as cinco escolas mandam as suas melhores Tojis para competirem no torneio. Ao verem o torneio a aproximar-se, as representantes treinam rigorosamente para ficarem mais fortes e conseguirem melhorar as suas habilidades.

 

Fonte: Anime News Network

 

0 comentário


Loading...

Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.