Kekkai Sensen – Análise

por Raquel Cupertino
Kekkai Sensen & Beyond anuncia OVA

Título: Kekkai Sensen / Blood Blockade Battlefront
Adaptação: Manga
Produtora: Bones
Géneros/Demografia: Ação, Super poderes, Sobrenatural, Vampiros, Fantasia | Shounen
Ficha Técnica: Disponível
Primeiras Impressões: Disponível

 

Kekkai Sensen | Opening

Hello,world! – Bump of Chicken

 

Kekkai Sensen encontrava-se na minha lista de animes para assistir, sem nenhuma razão aparente. A série despertou algum interesse em mim no ano em que saiu, 2015, e tem estado na gaveta desde aí. Depois de ter lido uns comentários à cerca de quão mau ele era – para logo a seguir ler o exato oposto – decidi ver e comprovar por mim mesma. As expetativas estavam bastante positivas, porquê?

Porque tudo me suava altamente!

 

Kekkai Sensen – Análise

 

O choque do primeiro episódio deixou-me completamente abananada. Tudo tão rápido, tão confuso, tão… caótico! Mas pensei, bem, é o primeiro episódio… Até que em conversa me alertaram que as coisas não seriam muito diferentes, que era melhor habituar-me. E assim foi: as minha expetativas desceram em high speed e continuei a assistir com a missão do “comecei agora termino” – afinal o primeiro episódio não foi mau, foi só caótico.

 

 

Melhor decisão EVER!

 

Mas então o meu amigo enganou-me? Afinal tudo melhorava? Existiria uma onda hater injustificada? – ou justificada pela fama? – Que mudança teve o anime?

Nenhuma…

Absolutamente nenhuma! O anime é caótico do início ao fim. Se gostaram do primeiro, vão gostar dos restantes, se para vocês o primeiro foi algo confuso que não vos conquistou… dêem uma oportunidade…

O anime pode-vos conquistar como fez comigo. Não se trata de uma história deslumbrante, que vos seduzirá pelo conteúdo ou qualidade dramática. Mas pode transformar-se numa animação que ficará na vossa memória.

 

 

Kekkai Sensen – Enredo

O enredo gira em torno de Leonardo Watch e a organização secreta Libra, num universo paralelo onde a diferença e o caos estão contidos numa cidade. Existe sim uma linha narrativa primordial em todo esse caos, mas essa não é o foco do anime. Nem sequer o mais importante. Kekkai Sensen gira em torno dele mesmo: do universo por este criado – e é nele que temos que ver a essência. Sem expetativas e, sobretudo, deixando-nos envolver por tudo o que este representa: a comédia, o divertimento, o caos, a confusão, a rapidez de acontecimentos e o no sense at all!

Se a imersão vos atingir como me atingiu a mim, espera-vos 25 minutos de puro gozo, grandes gargalhadas e muitos momentos WOW.

 

 

Além disso, esbanja individualidade. As personagens são muito boas, possuem personalidade e uma relação única entre elas. Tal relação permite desenvolver as dimensões de cada uma das personagens de forma individual. Foi uma estratégia bastante inteligente tendo em conta o elevado número de personagens.

 

Animação num outro nível!

 

Se me disserem que viram ou pretendem ver Kekkai Sensen por causa da animação, não censuro. Perfeitamente justificável. E acreditem, nem sou de dizer isso, para quem me conhece e segue as minhas análises, sou ínfima defensora que o mais importante é o conteúdo. Mas abro uma clara exceção para esta série. Ela não seria a mesma sem a animação, e posso-vos dizer com certeza que não a seguiria caso contrário… simplesmente não faria sentido!

A essência do universo Kekkai Sensen advém a 99% da animação: dos caóticos planos de imagens – cinematograficamente enquadrados -, da gestão de cores, da regulação da velocidade entre frames, da FOTOGRAFIA! É um ver para crer!

 

 

Isto para não falar na banda sonora! Inundada de jazz, sintoniza-nos de imediato para um ambiente citadino, um americano transfigurado em silhuetas extraterrestres. Extremamente bem colocada, é a cereja no topo do bolo nesta animação que gira em torno dela mesma e dos fenómenos “corriqueiros” que, de tão estranhos serem, no final de 12 episódios, passam a ser absolutamente normais…

 

 

 


Queres saber mais sobre a segunda temporada?

Kekkai Sensen Segunda Temporada – Estreia e Número de Episódios


 

2 comentários


Também deverás gostar de

2 comentários

Iago 3 Abril, 2020 - 1:56

Então, gostei parcialmente da sua análise.
Kekai sensen tem um propósito final muito único. O final onde Leonard consegu demonstrar que um simples humano pode conseguir algo, perante todo o produto caótico. Toda a confusão, deixa-se montar um enredo fantásico, apenas não sei se é minha percepção, mas tanto que no conflito final, o fato do Leonard não desistir demonstra isto (primeira temporada).
Portanto, acredito que KEKAI SENSEN foi um anime direcionado para um público, assim como STEINS GATE , ERGO PROXY, não mainstreams.

Responder
Raquel Cupertino 4 Abril, 2020 - 15:01

Concordo contigo, é a azafama e toda a confusão que tornam Kekai Sensen especial!
Se te referes ao ter considerado o estado caótico um ponto negativo, referi no ponto de vista de narrativa mais complexa e que pode ser um entrave para a maioria. Em boa verdade, acabas por confirmar isso mesmo ao dizeres que é direcionado a um público específico e não ao mainstream. Kekai Sensen não é uma obra para todos, e digo isto AMANDO a série!
Muito obrigada pelo comentário construtivo e partilha =)

Responder

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

PtAnime Twitter Giveaway 100 followers