Kuzu no Honkai – Reflexão Episódios 6 e 7

por Nayuki
Kuzu no Honkai - Reflexão Episódios 6 e 7 Imagem

A semana passada não houve impressões semanais. My bad. Mas a verdade é que não surgiu nada suficientemente interessante para comentar em Kuzu no Honkai. Então, preferi esperar uma semana e agrupar os últimos dois episódios.

 


Leitura Prévia: Kuzu no Honkai – Reflexão Episódio 5


 

Como já referi, o episódio 6 foi morno. Tal como já era de prever, a Hanabi está a tentar seguir os passos da Akane e virar uma puta. Lembram-se de eu ter comentado que a Hana era a única personagem pela qual eu tinha alguma empatia? Retiro o que disse. Fiquei contente quando esta pediu ao Mugi para tentarem ter algo sério e pensei que eles iam mesmo tentar-se amar. Porém, como nada neste anime pode ser fofinho, a Hana traiu-o com um dos rapazes que a Akane dorme. No entanto, o Mugi também não ficou muito importado com a traição e decidiu retribuir.

 

Kuzu no Honkai - Reflexão Episódios 6 e 7 Imagem

 

A Moca ainda não tinha sido introduzida na história. Até ao episódio 7, era só uma rapariga chata que perseguia o Mugi. Neste episódio deu para ver que é a única que presta.
É a única que tem sentimentos puros por alguém, estando disposta a ser usada só para que o Mugi lhe toque. O Mugi é um porco, sem dúvida. Só a tentativa de tentar fazer sexo com ela, mesmo não gostando dela foi nojenta.
Agora percebo porquê que ele gosta da Akane. São iguais. Mas o engraçado é que ele sentia remorsos pelo que estava a fazer. Consciência pesada.

O desenvolvimento da Moca foi um aspeto interessante quando paramos para o analisar. Ela é uma pessoa que não tem maldade em si, porém acaba por ser inundada de sentimentos negativos devido ao ambiente em que vive. O amor que ela tem pelo Mugi é claramente verdadeiro, mas é tóxico. O facto de ela estar consciente que ele não nutre o mesmo amor e ainda assim querer envolver-se, é doentio. De facto, isto acontece imenso na vida real. A Moca prefere ser usada e fingir que isso basta. Sinceramente, tive pena dela.

 

Kuzu no Honkai - Reflexão Episódios 6 e 7

Sinceridade acima de tudo!

 

Em relação ao que aconteceu no final do episódio… pareceu-me que a Hana tomou uma decisão sensata. Deve ter percebido que a carreira de vadia não rendia e usou o cérebro em vez das partes íntimas.

Os últimos dois episódios de Kuzu no Honkai foram claramente mais mornos e não aconteceu nada tão forte como nos capítulos anteriores. Ainda assim, foram episódios que serviram para desenvolver as personagens, o que é sempre válido.

Mas sim, espero que agora que o anime vai entrar na reta final as coisas voltem a pegar fogo.

[ Pontuação Final: 8/10 ]

 

2 comentários


Também deverás gostar de

2 comentários

Natércia Dias 2 Março, 2017 - 0:21

omd … eu estava a gostar tanto deste anime, fui toda lançada ler a reflexão, e estou chocada! Hanabi está a tentar seguir os passos da Akane e virar uma PUTA ? O Mugi é um PORCO, sem dúvida ??? mas que linguagem é esta ? pensava que isto era um site de notícias de animê , não um blogue de opinião pessoal de alguém ! concordo que nenhum dos personagens está a atuar corretamente, mas o animê é //SOBRE ISSO MESMO// é a mesma coisa que dizer que as navegantes de urano e neptuno são fufonas camionistas ! que palavreado nojento e degradante, credo ! nao havia oura maneira de dizer isto sem ser à maneira dos putos de quinto ano que só sabem 10 palavras do dicionário e quatro palavrões ??? pensava que isto era um site jornalístico ???? nao estou a perceber ! Deve ter percebido que a carreira de vadia não rendia e usou o cérebro em vez das partes íntimas. ai meu deus ! mas isto é uma associação de gunas da ribeira que escreve sobre animê ???

Responder
Daniela 2 Março, 2017 - 1:31

Para começar, o site é constituído por diferentes pessoas. E cada uma escreve da maneira que se expressa melhor e cada um está aqui por mérito próprio.

Sempre usei palavreado mais forte nos meus artigos de opinião e nunca tive problemas. Não sou guna – mas o comentário que fizeste sobre isso foi meio preconceituoso -, mas sou do norte sim. E se acredito que a maneira mais sincera de me expressar é usar este tipo de linguagem, assim o farei.

Este é um artigo de opinião. Não uma notícia.
Se não concordas ou não gostas do tipo de conteúdo, é uma questão de selecionar o que vês na Internet.

Boa semana.

Responder

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.