Fate stay night Unlimited Blade Works 2014 | Primeiras Impressões

por João Simões
Anime Fate stay night Unlimited Blade Works
Título: Fate stay night Unlimited Blade Works 2014 Adaptação: Visual Novel Produtora: Aniplex, Ufotable Géneros: Ação, Fantasia, Seinen   Fate stay night Unlimited Blade Works 2014 | Opening Mashiro Ayano - "ideal white" (apenas música) https://www.youtube.com/watch?v=DfxB6qXt5js   Enredo Tal como vos disse na análise ao prólogo desta obra, o episódio zero…

Fate stay night Unlimited Blade Works 2014

Enredo - 7.8
Personagens - 7.8
Produção Visual - 10
Banda Sonora - 7.8

8.4

Potencial

Pontos Fracos: Nada de significativo a apontar.

Pontos Fortes: Produção Visual. Batalhas.

Avaliação dos Leitores do ptAnime: 4.6 ( 1 votos)
8

Título: Fate stay night Unlimited Blade Works 2014
Adaptação: Visual Novel
Produtora: Aniplex, Ufotable
Géneros: Ação, Fantasia, Seinen

 

Fate stay night Unlimited Blade Works 2014 | Opening

Mashiro Ayano – “ideal white” (apenas música)

 

Enredo

Tal como vos disse na análise ao prólogo desta obra, o episódio zero mostra-nos a perspetiva de Rin sobre todos os eventos que marcam o início da história, enquanto que o episódio número um mostra-nos a perspetiva de Emiya Shirou, sobre os mesmo eventos.

 

Fate stay night Unlimited Blade Works 2014

Fate stay night Unlimited Blade Works (TV) – História

 

O paralelismo narrativo entre os dois episódios está construído sobre uma estrutura espetacular. Todos os pormenores e eventos encontram-se assiduamente sincronizados uns com os outros, proporcionando uma experiência magnífica e original no que toca a introduções de obras.

 

Fate stay night Unlimited Blade Works 2014

Fate stay night Unlimited Blade Works (TV) – Magia

 

Este episódio transmitiu tudo na quantidade certa para entendermos os objetivos, personalidades, formas de pensar e até relacionamentos entre personagens, bem como as respetivas ligações da corrente: passado – presente – futuro. O que por sua vez, nos deixou aptos e com o conhecimento necessário para podermos avançar para o episódios que se aproximam, ou seja, o início da guerra pelo Santo Graal.

 

Fate stay night Unlimited Blade Works 2014

Fate Stay night Unlimited Blade Works (TV) – Emya vs Lancer

 

Ambiente

Não esquecendo que apesar da obra ser uma espécie remake/reboot/nova root, é uma adaptação de um Visual Novel, portanto e assim sendo, a construção visual será assente sobre a estrutura que existe num Visual Novel, principalmente nos diálogos e introduções.

 

Fate stay night Unlimited Blade Works 2014

Fate stay night Unlimited Blade Works (TV) – Emya vs Lancer

 

O nível de qualidade técnica presente nesta obra ao longo dos 50 minutos, é completamente absurdo, considerando que é uma série e não um filme. A direção de arte surpreende-nos de novo, com as colorações fortes criadas a partir de gradientes, os contrastes e sombras, e todos os elementos que ajudam a criar um mundo ainda mais real e plausível. O design de personagens contínua magnífico, e muito melhor comparativamente à obra original. A composição cénica, aliada aos profissionais e subtis movimentos de câmara geram cenas genuínas e cativantes. A banda sonora brilha desde as composições leves, às épicas orquestras! Assim como o design de som, que conciliado com tudo que já foi referido, dá origem a um universo ainda mais real e credível.

 

Fate stay night Unlimited Blade Works 2014

Fate stay night Unlimited Blade Works (TV) – Emya & Saber

 

A animação supera-se minuto após minuto, desde o mais subtil e pequeno pormenor, aos momentos e movimentos com maior ação. Os combates e as coreografias de batalha possuem um nível de animação soberbo. Os ângulos e planos de filmagem puxam-nos para perto da batalha, de forma a melhor acompanhar-mos os movimentos rápidos e frenéticos dos poderosos adversários.

 

Fate stay night Unlimited Blade Works 2014

Fate stay night Unlimited Blade Works (TV) – Animação

 

Fate stay night Unlimited Blade Works 2014 | Potencial

Se existe alguém que sabe produzir obras que carregam um enorme potencial é a ufotable, isto é inegável e irrefutável. No entanto, e apesar dos dois grandes episódios que já nos transmitiu, a linha do muito bom e muito mau é bastante ténue, tendo em conta que estamos a falar de um remake e adaptação de Light Novel.

Ainda assim, se prosseguir no rumo que leva, tem bruto potencial para se tornar não só a melhor obra da temporada, como também uma das melhores obras contemporâneas.

 

[youtube width=”560″ height=”315″ video_id=”spseKv7jtmY”]

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.