BLEACH – Regresso do anime CONFIRMADO

por Pedro Costa
BLEACH - Regresso do anime CONFIRMADO

Está CONFIRMADO! Tal como havia sido preconizado pelo nosso João Simões:


Bleach Face Again – O Regresso do Anime?


 

Precedendo a “Bleach 20th Anniversary Project & Tite Kubo New Work Presentation”, a ser realizada via livestream no próximo dia 21 de março, foram confirmados os conteúdos do Projeto do 20º Aniversário através de scans da próxima edição da revista Weekly Shonen Jump (edição #17 2020), a qual será lançada entre 21-23 de março.

 

BLEACH – Regresso do anime CONFIRMADO:

 

Como indicam as imagens, o arc “The Thousand Year Blood War”, do manga original por Tite Kubo, será adaptado em anime com estreia prevista para 2021.


Assim que informações sobre equipa técnica e material promocional forem sendo revelados, iremos prontamente noticiar. Fiquem atentos!

 

Como também é possível vislumbrar nas imagens acima (e na que se segue), o one-shot de Tite Kubo, BURN THE WITCH, será adaptado em anime. Esta adaptação será produzida no Studio Colorido com realização por Tatsuro Kawano. A boa notícia é que este anime chegará já este outono!

 

BLEACH - Regresso do anime CONFIRMADO

 

Kubo-sensei lançou o manga na Weekly Shonen Jump em 2001 e a Shueisha publicou o seu 74º e último volume, a 4 de novembro. No ocidente, a Viz Media publicou BLEACH, digitalmente e em Inglês, à medida que novos capítulos foram lançados no Japão. A empresa Norte Americana publicou igualmente o manga em formato impresso. A franquia inspirou videojogos, novels, encenações e um filme live-action, o qual estreou em julho 2018.

O one-shot BURN THE WITCH foi lançado em julho de 2018.

 

 


Interessados em adquirir os volumes do manga , ou outros artigos de BLEACH?

Contacta-nos através do Facebook da Loja ptAnime ou [email protected]!

Tite Kubo revelará Novo Trabalho no AnimeJapan 2020


 

Artigos Relacionados:

 

Fonte: Moetron News e @WSJ_manga

 

0 comentário


Também deverás gostar de

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.