Animes que mereciam mais reconhecimento #1 | Daniela Amorim

por Nayuki

Hoje venho falar-vos de cinco animes que assisti e adorei, mas que são desconhecidos da maioria. Não tenho nada contra animes “modinha”. Alguns deles merecem a fama, outros, a sua grandiosidade passa-me completamente ao lado. Quem sabe, talvez um dia escreva um artigo sobre essa temática, porém antes de o fazer tenho de me preparar para o hate.

 


Vejam também esta opinião sobre o assunto: Animes que Merecem Mais Reconhecimento – Usagi Wright


 

 

Aposto que assim como eu, 99.9% do que vocês assistem é recomendado pelos vossos amigos. No entanto existem sim, animes que passam despercebidos. E como eu gosto de agir em prol dos renegados, dá-los a conhecer é minha obrigação!

 

Akatsuki no Yona

 

Animes que mereciam mais reconhecimento

Akatsuki no Yona

 

Apesar de ter sido um anime reconhecido na sua temporada, perdi a conta às pessoas que me disseram que não o iriam assistir por ser um shoujo. Really?

O anime conta-nos a história de Yona. Esta é a filha única do rei do Reino de Kouka, sempre viveu uma vida tranquila como qualquer princesa. Mas as coisas descambaram quando, perto do seu 16º aniversário, se realiza um golpe interno planeado por aqueles que outrora Yona confiou. Nesse momento, a pequena princesa que nunca sequer tocou numa arma é obrigada a lutar para reaver o que é seu por direito.

Akatsuki no Yona tornou-se um dos meus favoritos por todo o seu contexto. Personagens fortes e variados, romance nas doses certas e uma evolução da protagonista fenomenal. Continuo desesperadamente à espera da segunda temporada.

 

Produtora: Studio Pierrot

Tipo de Adaptação: Manga

Género: Ação, Aventura, Romance

Primeiras Impressões: Disponível

Análise: Disponível

 


Fushigi Yuugi

 

Animes que mereciam mais reconhecimento

Fushigi Yuugi

 

Se o nome não vos for estranho é porque este anime passou no canal Panda há cerca de dez anos. Contudo, apesar de ter sido criado para uma demografia “shoujo”, este deixou de ser exibido em Portugal por ter cenas demasiado eróticas. Foi o primeiro anime que vi online e marcou-me imenso. Apesar de ter 52 episódios e no começo não conquistar quem assiste, rapidamente as coisas mudam de figura. O cenário medieval agrega-se a uma temática que envolve o sobrenatural e a magia, sem nunca deixar em segundo plano os sentimentos e as personagens. Sou apaixonada pelos protagonistas desta trama e recomendo muito às pessoas que reclamam que hoje em dia nenhum anime tem “história”.

 

Produtora: Studio Pierrot

Tipo de Adaptação: Manga

Género: Ação, Aventura, Histórico, Romance

Primeiras Impressões: Indisponível

Análise: Indisponível

 


Gokukoku no Brynhildr

 

Animes que mereciam mais reconhecimento

Gokukoku no Brynhildr

 

Do mesmo autor de Elfen Lied e com um nome impronunciável, Gokukoku no Brynhildr conta-nos a história de Murakami, um adolescente que vive amargurado com a morte da sua amiga de infância Kuroneko. Certo dia, uma aluna nova é transferida para a sua escola. A rapariga chamada de Kuroha é bizarramente semelhante à menina com que o protagonista brincava quando era pequeno. Ao tentar-se aproximar dela, Murakami entende que existem muitos segredos sobre o mundo que ele nunca fez ideia.

Resumidamente: Elfen Lied 2.0 com personagens muito mais profundas e menos sangue, e aqui as raparigas não têm um par de cornos. Depois de eu dizer isto aposto que já se estão a perguntar porque é que o anime está nesta lista. Simples: a carga emocional colocada no anime é a mesma de Elfen Lied, para fãs de drama é um anime a considerar. Como já referi, os protagonistas são interessantes e diferentes do que estamos habituados. Temos uma kuudere, uma paraplégica que usa uma máquina psicadélica para comunicar, uma tarada informática que só pensa em seios e não os tem e Murakami, que é fascinado por astrologia.

 

Produtora: VAP, Arms

Tipo de Adaptação: Manga

Género: Drama, Mistério, Ficção Científica

Primeiras Impressões: Indisponível

Análise: Indisponível

 


Hentai Ouji to Warawanai Neko.

 

Animes que mereciam mais reconhecimento

Hentai Ouji to Warawanai Neko.

 

Não me poderia faltar um ecchi aqui, obviamente. Mas não tenho coragem de vos apresentar mais um com fan service hardcore e zero de história.

Youto está constantemente a pensar em atos pervertidos, mas ninguém o reconhece como um tarado. Então, chateado, decide ir ao encontro de uma estátua de um gato que supostamente tem a capacidade de realizar desejos. Mesmo sem confiar plenamente na lenda urbana acaba por pedir ao gato o seguinte: ter coragem de revelar os seus sentimentos imorais sem medo. Perto da estátua ele encontra Tsukiko, uma rapariga que tem um desejo totalmente oposto ao seu. Tsukiko tinha a ambição de parar de exprimir os seus sentimentos com tanta facilidade.

Ninguém espera um anime muito profundo com uma premissa nestas circunstâncias e não o é. É um anime soft e realmente cómico. Gostei especialmente da série pois como o nosso protagonista não mostra filtros para a sua perversão, uma das chatices comuns dos ecchis é logo superada. A Tsukiko é incrível pelo simples facto de não demonstrar emoções, não se ri, não chora, não grita. É hilariante.

Quantos de vocês já ouviram falar deste anime? Infelizmente, é mesmo pouco conhecido. Talvez o mais renegado desta lista de renegados.

 

Produtora: J.C. Staff

Tipo de Adaptação: Light Novel

Género: Comédia, Harem, Romance

Primeiras Impressões: Indisponível

Análise: Indisponível

 


Yuru Yuri

 

Animes que mereciam mais reconhecimento

Yuru Yuri

 

Desta lista, é o meu favorito. Estamos perante um shoujo ai de corpo e alma. O anime acompanha o dia-a-dia de quatro meninas de 13 anos, que são… homossexuais. Não, não estou a ser preconceituosa! Só não considero muito normal crianças dizerem umas às outras certas frases. É por isso que a série já com duas temporadas completas e uma terceira em lançamento, é incrível.

Com personagens diferentes do que estamos habituados, Yuru Yuri é um slice of life que se destaca dos demais por ter um humor negro e ser vendido como um anime kawaii e uma arte adorável. Quando vi a imagem da obra achei que era mais um daqueles desenhos animados que eu assistia no Canal Panda quando tinha dez anos. Os primeiros episódios esguicham fofura e amizade durante vinte e cinco minutos, nos restantes somos presenteados com frases como “Posso-te comer?”. No anime isto é super normal, todas elas são apaixonadas por boobies e não há nada que vocês possam fazer para o mudar.

Ps: Yuri é uma categoria no hentai muito adorada pelos fãs do género.

 

Produtora: Doga Kobo

Tipo de Adaptação: Manga

Género: Shoujo Ai, Comédia, Slice of Life

Primeiras Impressões: Indisponível

Análise: Indisponível

 


 

E vocês? Também já viram alguns animes que acham que são desvalorizados na comunidade? Contem-me tudo! E avisem-me se assistirem algum dos que eu mencionei. 

 

3 comentários


Também deverás gostar de

3 comentários

Jorge Ribeiro 28 Outubro, 2015 - 21:11

Penso que quem segue animes semanais reconheceu todos, talvez tirando o ‘Fushigi Yuugi’. Por acaso, ainda não os vi, mas reconheci-os.
Podem ser é desconhecidos dentro do teu circulo de amigos ou de conhecidos online, mas não acho que sejam tão desconhecidos quanto os fizeste parecer.

Atenção, não tenho nada contra o teu artigo, até porque grande parte destes artigos são de opinião pessoal e não constam factos, por assim dizer. 🙂 Quis apenas dar a minha opinião sobre isto.

Cumprimentos. 🙂

Responder
Daniela Amorim 29 Outubro, 2015 - 21:49

Baseei-me em estatisticas do MAL :3 não são verdades absolutas, mas são significativos. Além disso nenhum desses me parece que sejam recomendados com muita frequência. Se mesmo tu não os viste é por algum motivo =)

Responder
Jorge Ribeiro 29 Outubro, 2015 - 22:41

Realmente ainda não os vi, mas foi por preferência pessoal e não por nunca ter ouvido falar deles.
Ainda assim, tu ou mais membros do ptAnime podem mandar vir mais listas destas. Pode ser que me avivem a memória quanto a alguns animes que deixei passar ao lado ao longo destes anos. 🙂

Responder

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.