Como Baby Steps nos Ensina a sermos Melhores?

por Usagi Wright
Como Baby Steps nos Ensina a sermos Melhores?

Pode-vos parecer estranho este título, mas a verdade é que anime ensina-nos muita coisa e quem já cá anda há muito tempo, sabe bem do que falo. Desde o amor à força da amizade, o anime é, na maioria das vezes, uma bela lição de vida e é aqui que Baby Steps entra.

 

Como Baby Steps nos Ensina a sermos Melhores?

Ficha Técnica Baby Steps 2

 

Confesso que não sou uma ávida fã de anime de desporto, apesar de já ter visto alguns (free! conta? Ahahah) e adorar a dinâmica que envolve este género. Contudo, quase sempre pendo mais para seinen ou psicológico e acabo por desmerecer as pérolas que existem nos outros géneros, mais concretamente desporto.

E é aqui que Baby Steps entra. E não podia ter chegado em melhor altura. Sinceramente, estou numa fase menos boa da minha existência, – decorrente de um estágio “falhado” e um quase desemprego forçado -, na qual força de levantar da cama todas as manhãs nem sempre existe, tendo sido várias as vezes que me deixava arrastar entre os lençóis para não enfrentar a vida. Até anime tinha praticamente parado de ver, dedicando-me a escrever as notícias que vocês leem diariamente. Até chegar a Baby Steps. A sério.

Iniciei a minha jornada por este anime há pouco tempo, por recomendação de um outro redactor do ptAnime e encontro-me ainda nos primeiros episódios (no 7º por enquanto) do mesmo, no entanto percebi que foi uma escolha acertada. Baby Steps é um anime sobre ténis, um desporto que possuo genuína curiosidade por já ter jogado algumas vezes na brincadeira (chegando a arranjar uma linda lesão num dedo, com direito a fisioterapia), o qual apenas não voltei a praticar por pura indisponibilidade. É pena, podia ser o próximo Ei-chan e nem sei.

 

Manga Baby Steps revelará Grande Anúncio a 1 de Junho

 

Mas como Baby Steps me ensina e vos ensina a serem melhores? Acreditem ou não, no final do 7 episódio tive uma vontade súbita de escrever este artigo e partilhar os meus pensamentos com vocês, pela influência que o anime está a criar em mim.

Para quem nunca viu, Baby Steps conta a história de um rapaz que não sabe fazer mais nada a não ser estudar, estudar e estudar sem parar, até aprender o necessário e tirar notas máximas consecutivamente. Ele tem algum hobby? Não. Ele estuda porque gosta? Também não. Mas ele não conhece “outra vida” e sabe que não possui talento algum a não ser repetir certa ação vezes suficientes até aquilo sair perfeito. E é aqui que entra o ténis na vida do protagonista. Por mero acaso, Ei-chan (como é conhecido) começa a praticar este desporto e a tentar dominar toda a física envolvente. Entretanto, ele vai demonstrando resultados positivos que surpreendem os seus colegas e treinador… mas por um talento escondido, pensam vocês? Não! Ele não possui nenhuma aptidão especial para o ténis, como algumas das pessoas com quem se cruza, ele simplesmente treina ao ponto de ser bom! Sim, juro! Vem tudo da persistência.

 

TOP Personagens em Anime de Desporto - Pedro Costa

 

Vamos vê-lo a começar do zero e a aprender a jogar, a controlar a bola e os seus movimentos, porém nada é por “obra da Virgem Maria”, os resultados advêm das horas de treino e dedicação que ele dispõe, muito mais do que qualquer outro que até quer seguir a via profissional. Ele vai perder inúmeras vezes, tal como aconteceria na vida real a qualquer um que não tivesse um dom para aquilo, e quando acertar será só e apenas porque se esforçou o suficiente para que isso acontecesse. E isto é delicioso de ver.

Foram precisos apenas 4 episódios para me fazer ver a realidade de outra forma. Imaginem vocês que hoje [09/07/2019] acordei às 5h30 (tendo ido dormir na noite anterior por volta da 1h) e apesar de ter achado que era por causa de estar muito calor ou por algum desconforto, a verdade é que eu tinha a mente a borbulhar e não conseguia dormir. Imediatamente vi dois episódios de Baby Steps (ou seja, até ao 6º episódio) e saltei da cama, vesti-me e comecei a trabalhar naquilo que eu quero para a minha vida: o ptAnime.

A escuridão de uma vida profissional que não me dê muita alegria de viver desvaneceu mais um pouco e foquei-me a trabalhar pelo que quero alcançar, tal como o Ei-chan.

 

Como Baby Steps nos Ensina a sermos Melhores 1

 

Agora à noite, e no final do 7º episódio aqui estou eu a escrever estas palavras para quem as quiser ler e com uma vontade enorme de amanhã fazer o meu dia valer, pois se eu batalhar por aquilo que quero, resultados irão surgir, mesmo tendo de trabalhar remotamente noutras áreas (como estou a fazê-lo agora).

Apenas com 7 episódios, Baby Steps ensinou-me a ser melhor e a ver as coisas de outra forma. Podia ter esperado mais para escrever este artigo, mas sinceramente não deu. Fico à espera do que os restantes episódios me poderão proporcionar e, caso seja negativo, recomendo-vos pelo menos a ver estes primeiros 7 episódios para dar um boost à vossa vida.

Update: Querem vocês acreditar que eu hoje [10/07/2019] acordei novamente às 5h30, sem despertador (ok, foi às 5h38…)? Apesar de estar desperta decidi forçar-me a dormir, uma vez que por mais que queiram fazer algo, precisam que a vossa mente e corpo estejam a 100% e dormir é essencial.

 

 

Por aqui termino o meu desabafo e pergunto-vos:

Que anime vos ensinou a serem melhores?

 


Se gostaram do meu artigo, recomendo a leitura de outros textos meus, como os abaixo:

Como ter Mais Tempo para Ver Anime? – ptAnime

É Permitido Não Gostar de Animes Mainstream!

Animes que Merecem Mais Reconhecimento – Usagi Wright


 

Já conheces a nossa Loja? Não?!

Então passa por lá para me ajudares a atingir os meus objetivos! É só clicar na imagem abaixo.

 

2 comentários

Também deverás gostar de

2 comentários

LEANDRO SANTOS 13 Julho, 2019 - 21:43

como eu te compreendo, já que também ando a passar uma fasé má, mal ela passa acredita. e a ti só posso desejar boa sorte para o futuro, e vê muito anime que isso passa 😀

da minha parte, lembro-me de My Roommate is a Cat que me fez ver as coisas com outros olhos e dar mais significado a pequenas coisas..
e Rainbow e o valor da amizade e sobre nunca desisitr.

Responder
Usagi Wright 13 Julho, 2019 - 23:36

Espero que a tua má fase também passe, tal como a minha. Obrigada pelas palavras, és um querido! 😀

Quanto a My Roommate is a Cat, realmente ainda não vi o anime mas achei piada porque tem um gato e eu tenho duas em casa, acho que seria algo que iria gostar de ver. E se me dizes que se dá mais significado às pequenas coisas, ainda melhor.

Rainbow já vi (e analisei e tu comentaste ahah), mas acho que não o irei rever tão cedo, aquilo são muitas emoções xD

Responder

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.